Fonte: OpenWeather

    tentativas de homicídio


    Duas pessoas sobrevivem após serem esfaqueadas na madrugada em Manaus

    Uma das vítimas disse à polícia ser uma mulher trans, mas não identificou o motivo da tentativa de homicídio. Ninguém foi preso pela autoria dos crimes

    Ambas as vítimas foram socorridas com vida | Foto: Raphael Tavares/Em Tempo

    Manaus - Duas pessoas foram alvos de tentativa de homicídio por ferimentos de faca, na madrugada desta quarta-feira (5), em zonas distintas de Manaus. As vítimas foram socorridas e encaminhadas para unidades hospitalares. 

    De acordo com informações registradas pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), o primeiro caso ocorreu por volta das 3h43, na avenida Brasil, bairro Compensa, Zona Oeste. 

    Uma equipe de policiais militares da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) realizava patrulhamento de rotina, quando se deparou com populares prestando assistência a um homem. 

    Segundo relatos de testemunhas, um homem, ainda não identificado, havia espancado e esfaqueado um outro homem de 32 anos, deixando dois cortes profundos no braço direito e na perna esquerda. 

    O ferido foi socorrido e levado ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, também no bairro Compensa, mas acabou sendo transferido ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul da capital. 

    Mulher trans esfaqueada 

    O segundo registro policial ocorreu por volta das 4h25 na avenida Margarita, bairro Cidade de Deus, Zona Norte. Policiais militares da 13ª Cicom, durante patrulhamento de rotina, encontraram uma pessoa com ferimento de faca no lado esquerdo do peito. A vítima, que diz ser uma mulher trans, foi identificada apenas como "Carol". No entanto, não informou os detalhes da motivação do atentado aos policiais. 

    Com apoio de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a vítima foi socorrida e levada ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo, na Zona Leste. O quadro de saúde das vítimas é considerado estável. Os dois crimes foram registrados nos 19° e 13° Distritos Integrado de Polícia (DIPs), respectivamente. 

    Leia mais:

    Idosa e sobrinho são mortos com a cabeça esmagada em casa, no Hiléia

    Assaltantes invadem loja odontológica e fazem reféns na Cidade Nova

    Presos 7 envolvidos com tráfico de drogas e porte de arma de fogo