Fonte: OpenWeather

    Encontro de cadáver


    Canoeiro encontra perna humana em igarapé do Bariri

    O membro foi localizado a mais de um quilômetro do ponto onde o tronco de um homem foi encontrado na manhã de ontem

    Policiais cobriram a perna com um saco de fibra e pedaços de madeira | Foto: Marcely Gomes

    Manaus - Uma perna humana foi encontrada na tarde desta terça-feira (11), no Igarapé do Franco, na comunidade do Bariri, bairro Presidente Vargas, Zona Sul de Manaus. A perna foi localizada a mais de um quilômetro do ponto onde o tronco de um homem foi encontrado na manhã de segunda (10)no bairro São Geraldo, Zona-Centro Oeste de Manaus. A policia deve investigar se o membro é da mesma vítima. 

    De acordo com moradores da comunidade, que não quiseram se identificar, a perna foi encontrada por um canoeiro que fazia entrega de materiais de construção na região.

    “Ele estava deixando madeiras para uns moradores construírem as palafitas. Quando encostou a canoa na margem, ele viu a perna”, disse um pedreiro, de 52 anos.

    Os urubus estavam tentando comer partes do membro
    Os urubus estavam tentando comer partes do membro | Foto: Marcely Gomes


    O canoeiro retirou perna do igarapé e acionou a policia por meio do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). Policiais militares da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) atenderam a ocorrência e isolaram a área.

    “Os urubus estavam tentando comer partes do membro, então, cobrimos com um saco de fibra e madeiras”, disse o sargento Sena da 24ª Cicom, que ainda ressaltou que somente com exames específicos do Departamento de Polícia Técnico-Cientifica (DPTC) será possível identificar se a perna pertence ao homem encontrado morto ontem. 

    O Instituto Médico Legal (IML) deve fazer a remoção do membro ainda nesta tarde.

    Leia mais

    Dupla em moto mata a tiros estudante suspeito de crimes, em Iranduba

    Grávida encontra corpo de tio com sinais de agressão em Manaus

    ‘Estava há 2 anos sem sexo’, diz jovem que matou e estuprou mulher