Fonte: OpenWeather

    Tentativa de homicídio


    Mulher não aceita término e desfigura rosto de ex com soda cáustica

    A ex-namorada do industriário ainda teria tentado esfaqueá-lo durante o crime

    O crime foi registrado no 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP) | Foto: Divulgação

    Manaus - O industriário Pablo Henrique, de 26 anos, teve parte do rosto queimado por soda cáustica líquida na madrugada do último sábado (1º). O crime teria sido cometido supostamente por uma ex-namorada do profissional, que o aguardava na porta da casa dele, localizada no São José, Zona Leste de Manaus, para realizar o ataque.

    O crime foi registrado no 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e de acordo com o delegado Pablo Geovanni, o jovem de 26 anos, voltava para casa quando foi abordada pela ex-namorada, uma jovem de 22 anos, que no primeiro momento tentou esfaqueá-lo.

    "Em seguida, conforme relatos da vítima para a polícia, a agressora jogou soda cáustica sobre a pele do rapaz e tentou fazer com que ele ingerisse o produto", explicou Geovanni.

    A ocorrência foi atendida no local por policiais militares da 9ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e os dois foram encaminhados para o Hospital e Pronto-Socorro Dr João Lúcio Pereira Machado, pois a jovem também foi lesionada durante a situação.

    Segundo o delegado, as investigações estão sendo feitas em torno do caso. O resultado do exame de corpo de delito e o laudo pericial da arma e da soda cáustica estão sendo aguardados para solucionar o caso. 

    Leia mais

    Assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes completa 9 meses

    Dono e funcionários de mercadinho são feitos reféns em Manaus

    Seap nega suspensão de visitas a presídios no fim de ano