Fonte: OpenWeather

    Pânico


    ‘Minha bebê quase foi esfaqueada’, diz motorista assaltado por trio

    O carro em que ele, a filha de seis meses e a cunhada estavam foi roubado por um trio, que acabou morto durante perseguição policial

    A perseguição terminou na avenida Torquato Tapajós
    A perseguição terminou na avenida Torquato Tapajós | Foto: Daniel Landazuri/Em Tempo

    Manaus - “Tentaram esfaquear minha filha de seis meses. Ela estava no meu colo no banco do carro, quando minha cunhada foi rendida do lado de fora”, esse é o relato do motorista de aplicativo, um jovem de 22 anos, que teve o veículo roubado por criminosos, na tarde desta quarta-feira (19). Na ocasião, os assaltantes acabaram mortos, após perseguição e confronto com policiais da Rocam, na avenida Torquato Tapajós, na Zona Norte de Manaus. 

    A vítima informou que estava de saída com a família, por volta das 12h50, quando os criminosos a abordaram, na rua 10 do conjunto Galileia, no bairro Cidade Nova, também na Zona Norte. 

    “Vimos que os assaltantes passaram a pé e depois retornaram. Fui ligar o carro para sair, mas minha cunhada demorou a entrar, então eles colocaram uma arma na cintura dela. Depois abriram a minha porta e tentaram esfaquear minha filha e eu. Sorte que tenho conhecimento de defesa pessoal e consegui nos defender”, disse o motorista. 

    Policiais da Rocam na ocorrência
    Policiais da Rocam na ocorrência | Foto: Daniel Landazuri/Em Tempo

    O jovem ainda relatou que foi ameaçado de morte pelos assaltantes e foi salvo por um policial apaisana que reagiu a ação dos suspeitos. “Eles diziam que iriam me matar. Foi quando passou um policial em um carro. O militar presenciou a ação e apontou uma arma na direção deles, que fugiram com o carro e os nossos pertences”, contou o motorista, que há seis meses presta serviços de transporte particular de passageiros, por meio de um aplicativo. 

    “Era minha única fonte de renda. O carro era alugado de um amigo. Agora vou ter que correr atrás do prejuízo”, lamentou. 

    Carro roubado da vítima
    Carro roubado da vítima | Foto: Daniel Landazuri/Em Tempo

    Após a fuga, a vítima passou monitorar os criminosos pelo GPS e acionou a Polícia Militar. Os criminosos fizeram uma série de assaltos em bairros das zonas Centro-Sul e Norte e morreram depois de trocar tiros com a Rocam. 

    O carro da vítima foi alvejado com mais de 40 tiros. A polícia apreendeu duas armas de fogo e a faca dentro do veículo. Os corpos dos três assaltantes foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML), sem identificação até às 16h30 desta quarta. 

    Veículo foi periciado
    Veículo foi periciado | Foto: Daniel Landazuri/Em Tempo

    Leia mais:

    Vendedor de churrasco é morto a tiros a poucos metros de delegacia

    Em dez meses, Manaus registra mais de 2 mil roubos a ônibus

    No AM, polícia recaptura lanterneiro envolvido em homicídio e roubo