Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    Homem morre após ser baleado enquanto dormia com filha e namorada

    A vítima estava dentro de casa, quando criminosos encapuzados invadiram o imóvel. O homem tinha diversas passagens pela polícia

    O corpo da vítima foi removido para o IML, na Zona Norte da capital amazonense | Foto: Josemar Antunes

    O corpo da vítima foi removido para o IML, na Zona Norte da capital amazonense
    O corpo da vítima foi removido para o IML, na Zona Norte da capital amazonense | Foto: Josemar Antunes

    Manaus – Um homem, de 25 anos, com ficha extensa na polícia, foi assassinado a tiros na madrugada deste sábado (22), próximo a um rip-rap na rua Louro Cravo (antiga Alameda União), no bairro São José 3, Zona Leste de Manaus. A vítima ainda foi encaminhada para o hospital, mas não resistiu.

    De acordo com a polícia, familiares relataram que o homem estava dentro do quarto deitado em uma cama com a filha de quatro anos e a namorada, quando a residência foi invadida por três homens encapuzados. Outros três criminosos ficaram do lado de fora acompanhando o movimento. 

    Um dos assassinos entrou pelo portão que dá acesso ao quintal, enquanto outros dois homens pularam o muro do imóvel. Após vasculharem dois cômodos, o trio conseguiu encontrar a vítima e começaram a efetuar os disparos. Na ação, a namorada da vítima ainda foi jogada no chão. 

    Em seguida, todos os seis homens fugiram em dois carros, sendo um deles modelo Fiat/Uno, de cor prata, e um Palio de cor branca. Testemunhas relataram que um dos criminosos portava um revólver calibre 38 e outro uma escopeta.

    Após o crime, vizinhos levaram o homem até o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Dr. Platão Araújo, na Zona Leste. A vítima passou por procedimentos cirúrgicos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 2h. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

    A polícia informou que a criança e a namorada da vítima não ficaram feridas porque foram poupadas pelos executores. "O objetivo deles era somente matar o homem", disse uma fonte policial

    A polícia informou que a vítima já tinha uma extensa ficha criminal, ao todo, nove registros - sendo por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, posse irregular de arma de fogo de uso restrito e quatro por furto, além de envolvimento em dois acidentes com vítima lesionada. 

    O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que suspeita de acerto de contas. Imagens de câmeras de segurança fixadas nas redondezas de onde ocorreu o crime devem ajudar na elucidação do crime.

    Leia mais: 

    Autônomo morre após ser atingido e arrastado por van no Tarumã

    Colisão entre carro e ônibus deixa duas pessoas feridas na Autaz Mirim

    Em Manaus, industriário morre ao sair de bar e ser atropelado por HB20