Fonte: OpenWeather

    PRESO


    Oficial de Justiça é preso durante operação contra o tráfico no AM

    Durante a ação foram apreendidos, ainda, cerca de R$ 4 mil em espécie, armas e drogas

    A ação foi realizada nas primeiras horas desta sexta-feira (15) | Foto: Erlon Rodrigues/PC

    Manaus - A "Operação Liberdade" deflagrada na manhã desta sexta-feira (15), pela Secretaria de Segurança, em Manacapuru (a 68 km de Manaus) resultou na prisão de 19 pessoas. Entre os presos está um oficial de justiça, identificado como Luiz Carlos Teles da Silva. 

    Mais de 80 policiais civis da capital e da cidade cumpriram os mandados de prisão, busca e apreensão desde as primeiras horas da manhã. A ação foi coordenada pelo secretário de segurança, coronel Louismar Bonates, pelo delegado-geral Adjunto da Polícia Civil, Orlando Amaral, pela diretora do Departamento de Polícia do Interior, Suely Costa, e pelo delegado titular de Manacapuru, Rodrigo Torres. 

    O objetivo é prender envolvidos com o chamado tráfico doméstico e desarticular bocas de fumo identificadas no bairro. Durante a ação foram apreendidos, ainda, cerca de R$ 4 mil em espécie e uma motocicleta.

    As irmãs Juciele e Josiely foram presas durante a prisão
    As irmãs Juciele e Josiely foram presas durante a prisão | Foto: Erlon Rodrigues/PC

    "Vamos a todo o interior, onde for necessário para debelar o tráfico. O trabalho no interior começa com as investigações da delegacia local, que encaminha para nossa inteligência e faz todo um trabalho em cima. O objetivo é devolver a tranquilidade à população, dando paz para a comunidade que precisa ter seu direto de ir e vir garantido”, destacou Bonates.

    Esta é a 7ª operação de grande porte realizada pela SSP. Além de Manaus, a ação intensificada já ocorreu em Lábrea, no sul do Estado.

    Presos

    Dos 19 presos, sete foram em cumprimento de mandados de prisão preventiva. Dentre eles, um oficial de Justiça, identificado como Luiz Carlos Teles da Silva, conhecido como “Cacaio”. Ele foi preso por associação para o tráfico de drogas. 

    Também foram presos em cumprimento de mandados, as irmãs Juciele Perdigão de Souza e Josiely Perdigão de Souza; Diego Oliveira Meireles; Francivan Rocah da Silva; Elane Dantas Meireles, e Gian Wan Damme de Oliveira Carvalho.

    Outras 10 pessoas foram presas em flagrante por tráfico de drogas. Michael Praia de Oliveira, o “Tafarel”; Edirceu Ferreira Barcelar, o “Edi”; os pais dele, Nilce Ferreira Barcela e Cosme Correia Barcelar; Jhonny Bras de Alencar; Taila Rayane Cabral Pereira; Iara Bastos Bandeira; Rodrigo de Oliveira Soares; além do casal Raimunda Soares Frederico e Cristiano Ricardo Pereira.

    Presos durante a operação
    Presos durante a operação | Foto: Erlon Rodrigues/PC

    Erlande Ferreira Barcelar, o “Land”, irmão de “Edi”, foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. Já Julio Cesar de Souza Lima foi preso em flagrante por posse de munições.

    As ordens judiciais foram expedidas no dia 8 de março deste ano, pela juíza Aline Kelly Ribeiro, titular da 1ª Vara de Manacapuru. 

    Materiais apreendidos 

    Durante a “Operação Liberdade”, os policiais apreenderam, aproximadamente, seis quilos de entorpecentes (entre maconha, cocaína e oxi), quatro armas de fogo, munições intactas de diversos calibres, R$ 3.7 mil em espécie, celulares, além de apetrechos para produção de drogas. 

    Leia mais: 

    SSP deflagra operação contra o tráfico de drogas em Manacapuru

    Aluno ameaça fazer atentado em escola de Manaus

    Vídeo mostra ação de atiradores em escola de Suzano