Fonte: OpenWeather

    Internacional


    Mãe deixa pedófilo estuprar filhas após promessa de casamento

    Ele já havia sido condenado a um ano e quatro meses de prisão no ano passado por abusar da própria filha

    A mulher chegou a “preparar” as meninas para o abuso e não fez qualquer intervenção enquanto o criminoso as estuprava | Foto: Divulgação

    Uma mulher está sendo acusada de permitir que um pedófilo condenado estuprasse suas filhas, uma de 4 anos e outra de apenas 1, após ele prometer que se casaria com a suspeita caso pudesse cometer o crime.

    De acordo com o Mirror, o homem foi identificado como Daniel P, tem 34 anos e está, atualmente, sendo julgado pelo estupro. Ele já havia sido condenado a um ano e quatro meses de prisão no ano passado por abusar da própria filha, mas não chegou a cumprir a pena.

    Daniel, que é da cidade alemã de Malchow, conheceu a mãe, chamada apenas de Christin, por meio do aplicativo de encontros Knuddels. Além da promessa de casamento, o criminoso garantiu que se mudaria com ela para Dubai para começar uma nova vida.

    Ele também confessou à mulher suas perversões sexuais e pediu que ela lhe enviasse fotos e vídeos pornográficos das crianças. O suspeito, então, foi até a cidade de Dresden, quando estuprou as meninas.

    Segundo informações apresentadas no julgamento, a mulher chegou a “preparar” as filhas para o abuso e não fez qualquer intervenção enquanto o pedófilo as estuprava.

    Os dois ainda chegaram a viajar para a Hungria e Romênia, onde os crimes continuaram a ser cometidos. Christin também está sendo julgada sob acusação de ajudar e encorajar o abuso infantil.

    Leia mais:

    Jovem confessa ter assassinado a própria filha de 1 ano

    Flórida permite que professor porte arma em sala de aula

    Modelo Caroline Bittencourt cai de barco e desaparece no mar em Ilhabela