Fonte: OpenWeather

    Reforço


    Sérgio Moro envia tropas federais para conter crise em presídios do AM

    A Força-tarefa de Intervenção Penitenciária atuará juntamente com a Força Nacional de Segurança Pública

    O FTIP é formado por agentes penitenciários federais, estaduais e do Distrito Federal, nos moldes da Força Nacional de Segurança Pública
    O FTIP é formado por agentes penitenciários federais, estaduais e do Distrito Federal, nos moldes da Força Nacional de Segurança Pública | Foto: Divulgação

    Manaus - Força-tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) será enviada para atuar no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, conforme solicitação do governo do Estado do Amazonas. A informação foi confirmada ao Em Tempo pela assessoria do Gabinete do ministro.

    "O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) aguarda a formalização do pedido, mas já está tomando as providências para o deslocamento da equipe", diz parte da nota.

    A FTIP, foi criada em janeiro de 2017. Na atual gestão, o Depen passou a coordenar, exclusivamente, a força-tarefa em apoio aos governos estaduais em situações extraordinárias de crise no sistema penitenciário para controlar distúrbios e resolver outros problemas.

    Formada por agentes federais de execução penal dos 26 estados da federação e do Distrito Federal,  a FTIP obedece o planejamento definido pelos entes envolvidos na operação, sempre que houver necessidade de sua atuação.

    A Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) é responsável pela segurança da área externa do Complexo Penitenciário Anísio Jobim desde 09 de janeiro de 2017. A FNSP continuará atuando no local, mesmo com a instalação da FTIP.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Após mortes, Arthur Neto comenta descontrole nas prisões do AM

    Rebelião, agora controlada, começou durante visita de familiares