Fonte: OpenWeather

    Rio Preto da Eva


    Traficante teria matado jovens após roubo de armas e drogas na AM-010

    O jovem e um amigo teriam roubado drogas e armas de um traficante em Rio Preto da Eva. "Há denúncia de que a dupla foi assassinada", relata a mãe de um dos desaparecidos

    Jefferson foi visto pela última vez no dia 6 de junho de 2019
    Jefferson foi visto pela última vez no dia 6 de junho de 2019 | Foto: Divulgação/Polícia Militar do Amazonas

    Rio Preto da Eva - Jefferson Santos da Silva, de 25 anos, está desaparecido desde a manhã do dia 6 de junho de 2019. Conforme a mãe dele, uma doméstica de 43 anos, Jefferson foi visto pela última vez em um ramal no quilômetro 105 da rodovia estadual AM-010, que liga Manaus ao município Rio Preto da Eva (distante 79 km da capital). A mulher diz que recebeu a informação de que o filho, junto com um amigo, roubou drogas e armas de um traficante. 

    Segundo a doméstica, Jefferson mora com a avó paterna no bairro Novo Israel, Zona Norte de Manaus, mas estaria passando uma temporada em uma comunidade próxima a Rio Preto da Eva, onde trabalhava com produção de carvão. 

    "Informaram para a minha sogra que ele teria, junto com um amigo identificado apenas como "Márcio Lorota", roubado drogas e duas armas [espingardas] de um traficante da região. Os dois teriam fugido em uma motocicleta, segundo fiquei sabendo pela minha sogra", disse a mulher. 

    A doméstica conta, ainda, que uma testemunha moradora da região, teria dito à avó de Jefferson que o rapaz e o amigo Márcio estariam mortos - e os corpos teriam sido abandonados em um local próximo às margens da rodovia AM-010. O motivo dos assassinatos, segundo a testemunha, seria o roubo das drogas e das armas. Os crimes teriam sido cometidos pelo traficante, suspeita a mulher.

    "Minha sogra me disse isso por telefone. Segundo ela, o corpo do amigo do Jefferson já foi encontrado pela família. Eu preferi denunciar o caso à Polícia Civil para que seja investigado. Até o momento, não recebi nenhuma informação que possa levar ao paradeiro do meu filho", destacou a mulher. 

    A reportagem questionou a doméstica sobre a identificação do traficante que teria tido as drogas e as armas roubadas, porém a identidade dele ainda não foi repassada a ela. "Não tenho conhecimento do nome e nem do local que esse traficante possa se esconder", relatou. 

    Características do desaparecido

    A mãe de Jefferson conta que ele é moreno, mede aproximadamente 1,70 metros de altura e o porte físico é magro. Ainda segundo ela, o filho possui duas tatuagens, sendo uma estrela no ombro esquerdo e outra no ombro direito - ambas na cor verde. 

    Em um dos braços, segundo a mulher, Jefferson possui uma cicatriz similar a de um tumor. Segundo ele, a marca foi ocasionada por uma picada de inseto. 

    Contatos

    Quem tiver informações que possam levar ao paradeiro de Jefferson, pode entrar em contato com os familiares dele pelos números de telefone (92) 3656-2787 e (92) 99188-5888. Para falar com policiais da Delegacia Especializada de Ordem Política e Social (Deops), onde o caso foi registrado, o telefone é: (92) 3214-2268.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Haitiano preso pela morte da esposa em Manaus é baleado na DEHS

    Homem matou cabeleireiro porque não recebeu dinheiro após sexo, diz PC