Latrocínio


Homem é morto por não ter nada para entregar a assaltantes no AM

Os suspeitos agrediram a vítima com pauladas e na tentativa de ocultar o corpo, o jogaram no rio

Maraã - Por não ter nenhum pertence de valor para entregar para assaltantes, Evaney Rodrigues de Matos, de 22 anos, foi brutalmente assassinado em Maraã (a 609 quilômetros  de Manaus). Na manhã da última terça-feira (18), Marcos Araújo Castelo Branco, 22, conhecido como "12 quilos", e Jhonata de Lima Souza,19, foram presos e um adolescente de 17 anos apreendido suspeitos de cometerem o crime. 

Policiais do 3º Grupamento de Polícia Militar (GPM) receberam a denúncia que o trio havia matado um homem a pauladas e jogado o corpo no rio. A equipe policial realizou as buscas na região e localizaram o corpo vítima boiando embaixo de uma ponte.

Após o encontro do cadáver, os policiais receberam novas denúncias que levaram até ao paradeiro dos suspeitos. Marcos, Jhonata e o adolescente foram levados para a delegacia do município. 

Em depoimento os suspeitos informaram que abordaram Evaney para cometer um assalto, porém a vítima não tinha para ser roubado. O trio agrediu a vítima com pauladas e na tentativa de ocultar o corpo, o jogaram no rio. 

Os suspeitos foram encaminhados ao prédio da 60ª Distrito Integrado de Polícia (DIP). Os três infratores foram autuados em flagrante por latrocínio, ocultação de cadáver e irão permanecer custodiados na carceragem da unidade policial, à disposição da Justiça.

Leia mais

Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!:

Manaus tem redução de 26% de crimes violentos, afirma SSP-AM

Jovem é morto a tiros em rip-rap no Nova Esperança

Dupla se passa por vendedores de trufa para assaltar ônibus, em Manaus