Fonte: OpenWeather

    Execução


    'Titi' é executado com 8 tiros por trio encapuzado no Novo Aleixo

    "Titi" foi surpreendido pelos criminosos no momento que estava em um lanche. Outras duas pessoas foram baleadas

    O homem estava no lanche no momento do crime | Foto: Josemar Antunes

    Manaus - O autônomo Felipe Pereira Marques, de 26 anos, conhecido como "Titi", morreu na noite desta quinta-feira (20), no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Dr. Platão Araújo, após ser alvejado com 8 tiros na rua Humaré (antiga rua 10), no conjunto Amazonino Mendes, bairro Novo Aleixo, na Zona Norte de Manaus.

    Segundo informações da polícia, o crime aconteceu por volta das 22h. O jovem estava no "Lanche Amiga", acompanhado de um grupo de amigos, quando foi surpreendido por criminosos em um carro Fiat/Mobi, de cor branca, placa não identificada. 

    Três homens armados e encapuzados desceram do veículo e efetuaram os disparos à queima-roupa contra a vítima. Titi, conforme testemunhas, ainda tentou correr para escapar dos assassinos, mas não teve êxito. 

    Durante a ação criminosa, dois homens que estavam no lanche também foram baleados no pé e ombro. Ambos passaram por procedimentos cirúrgicos e não correm risco de morte.

    Ao Portal Em Tempo, moradores do bairro relataram que Felipe morava em uma rua próximo ao lanche e costumava estar no estabelecimento comercial quase todas as noites. 

    "Titi" foi alvejado com 8 tiros
    "Titi" foi alvejado com 8 tiros | Foto: Josemar Antunes

    "Sabemos pouco sobre a vida do "Titi". Ele ficava sempre reunido com grupo de amigos que é envolvido com drogas. Eles estacionaram o carro e desceram três atirando na direção de "Titi". Várias pessoas estavam no lanche, mas os assassinos só queriam ele. É provável que tenha sido morto em decorrência de envolvimento com o tráfico", relatou um morador, que preferiu não se identificar. 

    Após o crime, os criminosos fugiram sem serem identificados. A vítima foi socorrida por um pastor de uma igreja evangélica e levado para o hospital, onde não resistiu aos ferimentos e morreu.

    O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML), no bairro Cidade Nova, na Zona Norte. A morte e motivação são desconhecidas pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que vai investigar o assassinato.

    A reportagem tentou falar com os familiares da vítima no IML e no endereço informado, mas ninguém foi encontrado para comentar o crime.

    Leia mais: 

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Quadrilha desviava armas apreendidas pela polícia no Amazonas

    'Piratas' são presos em operação da Polícia Militar no interior do AM