Fonte: OpenWeather

    Coari


    Jovem é preso por integrar quadrilha de "piratas" em Coari

    Conhecido como Gambiara, jovem foi preso pela Polícia Civil neste domingo (18) em Coari

    O infrator integrava uma quadrilha de "piratas", que atuava nos rios do estado
    O infrator integrava uma quadrilha de "piratas", que atuava nos rios do estado | Foto: Reproduçao

    Manaus - O Wugerciley Peres Lopes, de 20 anos, conhecido como "Gambiara", teve mandado de prisão preventiva realizado na madrugada deste domingo (18) em Coari (distante a 361 Km de Manaus),pela Polícia Civil do Amazonas. O infrator integrava uma quadrilha de "piratas", que atuava nos rios do estado e foi preso por volta de 0h30, em via pública. 

    A Policia Civil, por meio da equipe de investigação da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari, sob coordenação do delegado José Barradas Júnior, titular da unidade policial,  cumpriu a ordem judicial em nome de Wugerciley, expedida no dia 16 de abril deste ano, pelo juiz Fábio Lopes Alfaia, titular da 1ª Vara da Comarca de Coari.

    Segundo José Barradas Júnior, “Gambiara” era considerado o braço direito do traficante Sidney Rodrigues Moriz, o “Sid”, que era apontado como líder da organização criminosa que praticava ataques a embarcações naquela região do estado. “Sid” foi morto durante confronto policial, no início de maio deste ano, naquele município.

    “Atualmente ‘Gambiara’ era o integrante do grupo mais procurado pela polícia. Ele é era considerado o braço direito de ‘Sid’, considerado o um dos maiores piratas do estado. Em vídeos da atuação do grupo criminoso, ‘Gambiara’ aparecia pilotando as lanchas da quadrilha”, destacou Barradas Júnior.

    Indiciamento

    Wugerciley foi indiciado por homicídio, tráfico de drogas, organização criminosa e porte ilegal de arma de fogo. O titular da DIP de Coari informou que, além desses crimes, “Gambiara” responde a outros 10 inquéritos policiais naquela unidade policial.

    Ao término dos procedimentos cabíveis na delegacia, “Gambiara” será levado para Unidade Prisional de Coari, onde ficará à disposição da Justiça.

    *Com informações da Assessoria de Comunicação