Fonte: OpenWeather

    Vítima de arma de fogo


    Autônomo baleado no tórax morre após sete dias internado em Manaus

    Crime ocorreu no dia 8 de agosto deste ano, em Lábrea, após dois homens desconhecidos chegarem na casa de José Raimundo

    O jovem estava internado na capital há sete dias, mas morreu neste sábado
    O jovem estava internado na capital há sete dias, mas morreu neste sábado | Foto: Josemar Antunes

    Manaus - O autônomo José Raimundo Ferreira Braga, de 23 anos, morreu na manhã deste sábado (31), por volta das 11h, após ser alvejado com um tiro no tórax. A vítima estava internada desde o dia 25 de agosto deste ano, no Pronto-Socorro (PS) Dr. João Lúcio, na Zona Leste de Manaus. 

    O crime ocorreu no dia 8 de agosto deste ano, na rua Doutor Jordeval, no bairro Pantanal, no município de Lábrea (a 702 quilômetros de Manaus), após dois homens desconhecidos chegarem na casa de José Raimundo, em uma motocicleta. 

    Segundo informações da polícia, um dos homens chamou pelo nome de José Raimundo. A mulher da vítima atendeu os suspeitos sem desconfiar de nada. Ao chegar na frente de casa, José Raimundo foi alvejado com um tiro na região do tórax. Os criminosos fugiram em seguida tomando rumo ignorado. 

    A vítima foi socorrida e levada para o Hospital Regional de Lábrea, onde permaneceu internada até o dia 25 de agosto. Por conta do ferimento grave, José Raimundo foi transferido para unidade hospitalar da capital amazonense, onde não resistiu ao ferimento.

    Ao Portal EM TEMPO Manoel Ferreira Braga, de 30 anos, confirmou que o irmão era usuário de drogas e desconhece o motivo do crime. 

    "A morte do meu irmão ainda é um mistério para a nossa família. Ele usava drogas e não sabemos quem fez isso com ele e nem por qual motivo. O meu irmão não comentou com a família se estava recebendo ameaças. Mesmo estando errado ou certo, ninguém tinha o direito de tirar a vida dele. Eu espero que o assassinato não fique no esquecimento no inquérito policial", declarou. 

    O corpo da vítima será sepultado no município de Lábrea, no Sul do Amazonas.
    O corpo da vítima será sepultado no município de Lábrea, no Sul do Amazonas. | Foto: Josemar Antunes

    O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML). O irmão da vítima registrou o assassinato na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). A vítima deixou um filho de um ano de idade.