Fonte: OpenWeather

    Operação 'Exemplo'


    Vídeo:apreendido jovem que matou o irmão ao descobrir homossexualidade

    Além dele, a polícia apreendeu outros 14 adolescentes. Outro caso que chamou a atenção foi o de um jovem de 16 anos que estuprou uma adolescente de 13 anos

    Delegada Elizabeth de Paula | Foto: Josemar Antunes/Em Tempo

    Manaus - Nesta segunda-feira (2), quinze adolescentes foram apreendidos por diversos crimes em Manaus, entre eles o de tráfico de drogas, homicídios, estupros e roubos. Um dos casos divulgados, durante o balanço da operação “Exemplo”, foi o de um adolescente de 17 anos que matou o irmão de 18 anos por descobrir uma relação homossexual. 

    A operação foi desencadeada pela Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), com apoio da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Para cumprimento de 44 mandados de busca e apreensão, 200 policiais civis e militares participaram dos trabalhos de investigação da Deaai. 

    De acordo com a delegada Elizabeth de Paula, titular da Deaai, o jovem assassino tinha 17 anos e o irmão vítima apenas 18 anos. "O crime iniciou após uma discussão e foi motivado por causa que o adolescente de 17 anos descobriu que o irmão era homossexual e já tinha uma relação", explicou. 

    As apreensões ocorreram nos bairros Tarumã, na Zona Oeste; Cidade de Deus e Lago Azul, na Zona Norte; Zumbi dos Palmares, na Zona Leste, além de Centro e São Francisco, na Zona Sul. A maioria dos atos infracionais análogos foi pelos crimes de roubos e tráfico de drogas, com cinco apreensões cada. 

    Ainda na ação, houve uma apreensão por homicídio, estupro, lesão corporal, dano e porte ilegal de arma de fogo. Entre os casos estão um adolescente que matou o irmão com uma facada em 2018. 

    Outro caso envolve estupro de vulnerável no bairro Zumbi dos Palmares. Um adolescente de 16 anos forçou uma menina de 13 anos a manter relação sexual com ele. O autor era namorado da vítima. 

    Coronel Louismar Bonates, titular da SSP
    Coronel Louismar Bonates, titular da SSP | Foto: Josemar Antunes/Em Tempo

    Conforme os dados da SSP-AM, de janeiro a agosto deste ano, já foram apreendidos 1.019 adolescentes, sendo 901 do sexo masculino. 

    Segundo o secretário da SSP-AM, coronel Louismar Bonates, a operação foi desencadeada por meio de levantamentos da Deaai. 

    "Essa operação vem somar aos sete meses anteriores resultando na apreensão de 1.019 menores de idade. Não adianta entrar para o mundo crime, pois é bom parar quanto ainda é cedo. Os adolescentes apreendidos irão cumprir medidas socioeducativas pelos crimes cometidos", explicou o titular da SSP-AM. 

    O secretário de Segurança Pública ressaltou ainda que é favorável a maioridade penal de 16 anos. "Se o adolescente tem a responsabilidade aos 16 anos de escolher nossos representantes, ele também obrigação de responder pelo crime que cometer", finalizou. 

    Também participaram da operação o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, e o delegado-geral da Polícia Civil, Lázaro Ramos.

    Assista à reportagem da TV Em Tempo:

    Assista a reportagem | Autor: Bárbara Mitoso/ TV Em Tempo