Fonte: OpenWeather

    Revelações


    'Barbie' era do CV e foi assassinada a mando da FDN, revela polícia

    Membros da FDN temiam que "Barbie" tomasse o comando do tráfico de drogas em boates e casas noturnas no Centro de Manaus

    A informação veio após a prisão do principal suspeito de ser o autor do crime | Foto: Divulgação

    Manaus - A polícia divulgou, na tarde desta terça-feira (24), que a briga entre das facções criminosas Família do Norte (FDN) e Comando Vermelho (CV) motivou o assassinato da jovem Fernanda Caroline Chaves Pinho, de 25 anos, conhecida como "Barbie" ou "Bárbara Carolina", na noite de segunda (23).

    Conforme a polícia, os membros da FDN também temiam que "Barbie" tomasse o comando do tráfico de drogas no na região do Centro, onde a facção domina o comércio de entorpecentes em boates e casas noturnas. 

    “Como ela trabalhava dentro da boate o medo da FDN era de perder o território para o CV no local.  Ela também conhecia os responsáveis pelas vendas dos entorpecentes naquela região e os rivais suspeitavam que ela estava entregando esses traficantes para a Rocam e Força Tática”, disse uma fonte policial.

    No último final de semana pelo menos quatros envolvidos com o tráfico de drogas foram detidos pelas equipes da Polícia Militar. 

    Prisão

    As informações vieram após a prisão do autor dos disparos que vitimou “Barbie”. Matheus Rogério Machado de Castro, de 20 anos, foi capturado na comunidade Bairro do Céu, no Centro. Ele estava escondido debaixo da de uma cama, na casa da mãe dele na comunidade.

    Matheus foi localizado após a equipe de investigação analisar imagens das câmeras de segurança do local do crime. Ele é monitorado por tornozeleira eletrônica e responde pelos crimes de roubo e tráfico de drogas.

    O suspeito foi conduzido até 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde confessou ter envolvimento no assassinato de “Barbie”. Pelo menos outros dois homens estão sendo procurados pela participação no crime.

    O crime

    A garota de programa Fernanda Caroline Chaves Pinho foi assassinada com quatro tiros na noite de segunda-feira (23), na rua Lobo D'Almada, no bairro Centro. A área é conhecida como ponto de prostituição na capital.

    Segundo informações da polícia, Fernanda pode ter sido morta em uma emboscada. A jovem estava em uma boate de striptease, onde trabalhava, quando recebeu uma ligação misteriosa.

    Ao chegar no encontro marcado, Fernanda foi surpreendida a tiros por um homem que estava a pé. A jovem não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. Clique aqui para ter acesso a matéria completa sobre o assassinato!

    Confira a reportagem em vídeo sobre a prisão do suspeito: