Fonte: OpenWeather

    Zona Oeste


    Pedreiro é assassinado com dois tiros no Campo Sales

    O homem saiu de casa, sem informar a companheira para onde iria, e acabou morto a tiros

    Crime foi por volta das 11h30 | Foto: Divulgação

    Um pedreiro, identificado como Eduardo Fonseca Fernandes, de 42 anos, foi assassinado com dois tiros, no fim da manhã desta quinta-feira (26), por volta das 11h30, na avenida Plácido, próximo ao cruzamento com a avenida Sabiá, no conjunto Campos Sales, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus. Conforme informações da polícia, os tiros atingiram a cabeça e o ombro da vítima, que não resistiu até a chegada de uma equipe de socorro.

    Conforme Alessandra Silva, companheira de Eduardo, não há suspeita sobre a motivação do crime. "Nós já nos conhecemos a mais de três anos, mas ficamos um bom tempo separados. Recentemente, reatamos a relação a aproximadamente três meses. Ele era um bom marido, mas às vezes ficava triste, porém não contava por qual problema. Trabalhava no ramo da construção civil, mas ontem e hoje faltou ao trabalho. Realmente desconheço o que pode ter causado o crime", informou a mulher à imprensa.

    Ainda conforme Alessandra, o casal é morador da uma rua paralela a que Eduardo foi assassinado. A mulher conta que hoje o companheiro saiu bem cedo de casa, porém informou o paradeiro e retornou logo. Posteriormente, desta vez sem dizer para onde iria, o homem saiu e não retornou.

    "Eu estava passando a roupa dele, quando percebi que já não estava mais em casa e questionei meu filho sobre o paradeiro - que, em seguida, informou ter saído sem dizer para onde. Depois disso, um vizinho veio até a minha casa e avisou sobre o crime", relatou a viúva.

    A dinâmica do crime ainda é investigada pela polícia. O corpo da vítima será removido por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML). A polícia não informou se a vítima possuía passagens por crimes.