Fonte: OpenWeather

    Prisão


    Funcionário do IPAT é pego tentando burlar regras na unidade

    O agente foi preso e encaminhado para os procedimentos legais

    O homem foi conduzido até o 20 Departamento Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos cabíveis | Foto: Ione Moreno

    Na última sexta-feira (27), um agente da Umanizzare, identificado como Milton dos Santos Pinheiro, que era agente de socialização na unidade, foi pego tentando entrar no Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT) com uma bateria de celular, com R$ 474 e um carregador de celular. Ao ser questionado, ele informou que tentaria burlar a segurança da unidade.

    A ação irregular foi percebida pela agente responsável pelo guarda-volume do local, quando Milson solicitou uma bolsa que estava no local, com a agente considerando a atitude suspeita e acionando os responsáveis, que realizaram a revista e encontraram os itens com o agente.

    Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que oagente de ressocialização foi apreendido logo após um procedimento de revista, onde ele foi flagrado com uma bateria de celular, um carregador, um cabo USB, dois pincéis atômicos com entorpecentes, duas cartas  e R$ 475 em espécie.

    O agente de socialização, após averiguação, foi conduzido até o 20 Departamento Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos cabíveis.