Fonte: OpenWeather

    Polícia


    Duplo homicídio: homens são mortos no mesmo dia na Zona Sul de Manaus

    Um dos jovens é morto após sair de casa para visitar namorada e o outro enquanto comia numa lanchonete em Manaus

    "Vitinho" foi executado com cinco tiros  no bairro Cachoeirinha
    "Vitinho" foi executado com cinco tiros no bairro Cachoeirinha | Foto: Josemar Antunes

    Manaus - Dois homens foram assassinados a tiros na noite de quarta-feira (02). Vitor Hugo Quintanilha Coutinho, de 19 anos, conhecido como "Vitinho", foi executado com cinco tiros, na noite de quarta-feira (2), no bairro Cachoeirinha, na Zona Sul de Manaus. O jovem havia saído de casa para visitar a namorada.

    Segundo informações da polícia, o crime ocorreu por volta das 21h30. Vítor Hugo estava pedalando um bicicleta na avenida Leonardo Malcher e, ao chegar nas proximidades da residência da namorada, foi surpreendido por ocupantes em um carro Etios, de cor preta, de placa não identificada. 

    Em seguida, os criminosos começaram a efetuar vários disparos de arma de fogo em direção do jovem, que não resistiu aos ferimentos na calçada da via. Vítor Hugo foi atingido com três tiros no tórax, um na cabeça e um na perna esquerda. 

    Na mesma ação criminosa, o carro de um morador foi atingido por tiros. Os assassinos fugiram sem serem identificados tomando rumo ignorado. 

    A ocorrência foi atendida inicialmente por policiais militares da 1ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou a morte do jovem. 

    À reportagem, os moradores informaram que Vitor Hugo morava na rua Duque de Caxias, no bairro Praça 14 de Janeiro, na Zona Sul da capital. O jovem era envolvido com o tráfico de drogas e membro da facção criminosa Família do Norte (FDN). 

    O delegado Denis Pinho, plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) esteve no local para levantar informações sobre o caso.

    "A área é considerada "vermelha" e moradores por "medo" preferem não falar sobre o assassinato. Pelas características, é possível que o crime esteja relacionado a briga entre membros de facções criminosas", explicou. 

    Músico é morto no bairro Praça 14

    Local onde o pagodeiro foi alvejado a tiros, no bairro Praça 14
    Local onde o pagodeiro foi alvejado a tiros, no bairro Praça 14 | Foto: Josemar Antunes

    A autoridade policial informou, ainda, que os criminosos também possam estar envolvidos na morte do músico Marnildo Figueiredo Fonseca Júnior, de 28 anos. 

    O vocalista de uma banda de pagode foi assassinado com três tiros dentro de uma lanchonete, na noite de quarta-feira (2), por volta das 18h50, na rua Japurá, no bairro Praça 14 de Janeiro, na Zona Sul. 

    O músico ainda foi socorrido e levado para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul, mas chegou sem vida. 

    O corpo de Vitor Hugo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML). A morte do jovem será investigada pela equipe da DEHS.