Fonte: OpenWeather

    Encontrada


    Menina desaparecida no Monte Horebe é encontrada

    A menina foi reconhecida quando passava em frente a cicom

    No momento a menor está na unidade onde estão sendo realizados os procedimentos cabíveis | Foto: Jhonata Lobato/Em Tempo

    Manaus - Sádia Reis Barros, de 11 anos, foi encontrada na noite desta sexta-feira (4), pelos policiais militares da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). No momento a menor está na unidade onde estão sendo realizados os procedimentos cabíveis.

    A menina foi reconhecida pelo soldado Bruno Everson quando passava em frente a cicom. Ele a abordou e perguntou o nome,  então ela confirmou ser a Sádia.

    Na sede da 15º Cicom serão apresentados suspeitos envolvidos no sequestro da menina. A mãe da criança também foi conduzida para o local onde conversará com os PMs.

    A delegada titular Joice Coelho, da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA), está na frente do caso, e colhe de depoimento da criança para investigar o caso.

    O caso

    A menina teria acusado o padrasto de estupro. Ela contou essa versão para traficantes da área e os criminosos foram na casa dele e o levaram à força. Depois do assassinar o homem, os criminosos descobriram que a garota estava mentindo. Com raiva, eles a pegaram e a mataram também.

    Os dois supostos corpos estavam sendo procurados desde o dia 19 de setembro a  Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) auxiliava as ações de buscas. 

    Vídeo

    Na noite do dia 24 de setembro, o Portal EM TEMPO obteve acesso a dois vídeos, cada um com 30 segundo de duração, onde a menina relata que ela e o homem estão vivos. A menina ainda fazia acusações contra a própria mãe. 

    Nos registros a garota se apresenta e fala que toda a repercussão divulgada na mídia é mentira. Também conta que era abusada por um irmão e a mãe nunca tomou providências. 

    "Quando eu tinha sete anos meu irmão me estuprou, fui contar para minha mãe e ela não acreditou. Quero ficar um pouco longe da minha família, porque minha mãe me batia", diz a criança em um dos vídeos. 

    "A família dele pensa que ele está morto, mas não está. Eu vi ele saindo do Monte Horebe. Minha mãe está mentido e está escondendo ele", relata a garota.