Fonte: OpenWeather

    Resultado


    Tio é suspeito de matar e estuprar sobrinha em Manaus

    Adolescente de 14 anos é encontrada morta na cama do tio com vestígios de sangue nas partes íntimas

    Familiares aguardam o resultado do exame de necropsia | Foto: Josemar Antunes

     Manaus - Familiares da adolescente de 14 anos, encontrada morta na manhã deste domingo (6), acusam Anderson da Silva pela morte da sobrinha, onde a mesma foi encontrada nua na cama dele com vestígios de sangue nas partes íntimas. O caso aconteceu na casa do técnico em enfermagem, localizada na rua Cunha Melo, bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus na manhã deste domingo (6).

    Segundo Denis Pinho, delegado plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DHES), o suspeito afirmou em depoimento que a sobrinha de 14 anos não apresentou um comportamento comum durante o passeio com a filha A.R., de 17 anos e o técnico num shopping da cidade.

    “Ele informou que ontem [sábado] saiu com a sobrinha e a filha de 17 anos, foram a um shopping e depois lancharam no bairro do Petrópolis. Por volta das 23h, ele deixou a filha na casa da mãe dela e seguiu para a casa dele com a menina. Os dois dormiram na mesma casa e hoje ele acordou e disse que chamou a sobrinha, mas ela não respondia”, explicou o delegado.

    Ainda segundo o plantonista da DEHS, o técnico de enfermagem verificou que a sobrinha estava sem sinais vitais e tentou fazer massagem cardíaca para reanimá-la, mas o procedimento não teve resultado.

    “Ele percebeu que a menina tinha entrado em óbito e acionou o Samu, que constatou a morte da adolescente”, disse o delegado.

    Outro Lado

    Sharlene Alves de Melo, a mãe da jovem de 14 anos contesta o depoimento do acusado, afirmando que a filha saiu de casa sem qualquer tipo de estranheza. “Minha filha passaria a noite na casa de Anderson para visitar a avó no dia seguinte. Eu não tenho dúvidas de que ele se aproveitou do momento à sós com a garota para violentá-la. “

    O suspeito Anderson Magno Barros da Silva, 40, técnico de enfermagem está detido na Delegacia Especializada de Homicídio (DEHS) prestando depoimento. E segundo a polícia, o corpo da menina foi encontrado em uma cama, onde supostamente havia dormido ao lado do tio.

    A perícia afirma ter encontrado vestígios de sangue nas partes íntimas da adolescente. Após o corpo ter sido encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), a Polícia Civil solicitou urgência na realização do exame de necropsia para confirmar se houve ou não violência sexual.

    Proximidade

    A filha do técnico de enfermagem e prima da vítima confirmou na DEHS que a adolescente apresentou um comportamento estranho na noite de sábado. A adolescente de 17 anos justificou, ainda, que a vítima era muito próxima do tio. “Desde quando o pai dela morreu, em 2009, a nossa família manteve o vínculo. Era comum ela dormir com ele, ela a chamava de pai”, disse.

    Laudo da Morte

    A autópsia ou necropsia é um procedimento médico que consiste em examinar um cadáver para determinar a causa e modo de morte e avaliar qualquer doença ou ferimento que possa estar presente.

    Até o fechamento dessa edição, o resultado do exame ainda não havia sido divulgado. O Instituto Médico Legal (IML) afirmou que o perito legista ainda realizava os procedimentos de verificação da causa da morte.  A DEHS informou que não se manifestaria até que o exame fosse concluído.