Fonte: OpenWeather

    Corpo encontrado


    Vídeo:corpo de homem é desenterrado na invasão Monte Horebe, em Manaus

    A vítima estava em uma cova de aproximadamente 1.30 metros de profundidade. O corpo pode ser de Leilson, que desapareceu após a enteada o acusar de estupro

    O corpo estava dentro de uma cova | Foto: Josemar Antunes/Em Tempo

    Manaus - Um homem, ainda não identificado, foi encontrado, na manhã desta quinta-feira (10), em uma área de mata da invasão Monte Horebe, situada no conjunto Viver Melhor 2, bairro Lago Azul, Zona Norte de Manaus. O corpo estava dentro de uma cova com aproximadamente 1.30 metros de profundidade.

    O cadáver foi localizado pela cadela Fiona, de sete meses, que faz parte da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPcães). A vítima foi colocada de bruços e com as pernas flexionadas na cova. O homem apresentava sinais de tortura, porém não foi possível apontar a causa da morte.

    O delegado Daniel Leão, plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), esteve no local acompanhando os procedimentos do Corpo de Bombeiros para retirada do corpo, em estado de decomposição. A autoridade policial não confirmou se o corpo achado é de Leilson de Souza Marinho, de 35 anos, que está desaparecido desde a tarde de 16 de setembro deste ano.

     O homem apresentava sinais de tortura
    O homem apresentava sinais de tortura | Foto: Josemar Antunes/Em Tempo

    "Não dá para saber se o corpo encontrado com sinais de tortura seja de Leilson. Vamos aguardar o laudo do IML [Instituto Médico Legal] para confirmar a identidade. Até o momento, a motivação e autoria são desconhecidas", disse a autoridade policial.

    Sequestro

    Leilson foi acusado pela enteada de 11 anos de estupro. Homens não identificados foram até a casa dele e, em seguida, o arrastaram do imóvel até uma área de mata. Testemunhas relataram à polícia que o grupo era composto de traficantes de drogas da área.

    A adolescente que acusou o padrasto de estupro também estava desaparecida, mas foi localizada por policiais militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e levada para prestar esclarecimentos no 15° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

    O corpo encontrado na manhã de hoje foi removido para o IML. No local, a polícia recolheu restos de camisa. O caso será investigado pela DEHS.

    Assista à reportagem da TV Em Tempo:

    Assista a reportagem | Autor: Samara Maciel/TV Em Tempo