Homicídio


Entregador morre após ser baleado com um tiro na Zona Sul de Manaus

Segundo familiares, a vítima aguardava a conclusão de um serviço em sua motocicleta e foi baleada após ficar no meio de um fogo cruzado entre criminosos e um desafeto

Maxwell deixa a esposa e dois filhos, de três e um ano.
Maxwell deixa a esposa e dois filhos, de três e um ano. | Foto: Reprodução Facebook

Manaus - Maxwell de Souza Lima, de 25 anos, morreu na tarde desta terça-feira (15) no Hospital 28 de Agosto. Segundo familiares, ele foi atingido com um tiro no tórax após ficar no meio de um fogo cruzado entre criminosos e um desafeto. O caso aconteceu na rua Ruy Gama Filho, bairro Raiz, Zona Sul de Manaus. 

Testemunhas informaram à reportagem que Maxwell foi até o local deixar sua motocicleta para um serviço de polimento. O trabalho seria feito por um homem de 33 anos, que seria o alvo dos criminosos.

Maxwell e o prestador de serviço foram surpreendidos por uma dupla criminosa, que estava em outra moto de características não informadas. 

Os suspeitos chegaram pela rua João Dias e chamaram pelo nome do desafeto. "O garupa da moto desceu e já foi atirando, o homem que fazia o polimento saiu correndo, mas foi atingido de raspão na orelha. O Maxwell se assustou, tentou se proteger na casa de uma vizinha, mas acabou baleado no peito", disse uma testemunha, que pediu anonimato. 

O jovem foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para Hospital 28 de Agosto, mas morreu logo após dar entrada na unidade de saúde. 

Equipes policiais no local do crime
Equipes policiais no local do crime | Foto: Daniel Landazuri

"A médica informou que o tiro atingiu uma das artérias próxima ao coração. Ele era uma pessoa de bem. Trabalhou como entregador de comida, mas foi demitido recentemente, com o dinheiro da verba rescisória comprou a moto que cuidava tanto e seria um meio de sustentar a família", disse uma amiga da vítima.  

Abalado com a perda do jovem, o pai de Maxwell, que não se identificou, relatou que o filho "estava no local errado em hora errada".

O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). Maxwell deixa a esposa e dois filhos, de três e um ano. 

Tiro de Raspão

O homem que foi atingido com um tiro de raspão, e que seria o suposto alvo dos criminosos, foi até o 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e registrou um Boletim de Ocorrência, informando que teria sido vítima de uma tentativa de homicídio. 

Policiais da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Força Tática e Rocam fizeram patrulhamento no local do crime, mas não localizaram nenhum suspeito. 

O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídio e Sequestros (DEHS).