Fonte: OpenWeather

    Violência


    Jovem se finge de morto para enganar assassinos no Santa Luzia

    De acordo com testemunhas, os atiradores foram ao local para matar o jovem de 18 anos

    O homem foi levado primeiramente ao SPA da Zona Sul
    O homem foi levado primeiramente ao SPA da Zona Sul | Foto: Jhonata Lobato / Em Tempo


    Manaus - Um homem identificado como Yan Jeliel Lopes Martins, de 18 anos, foi baleado no fim da tarde desta segunda-feira (30), por dois homens ainda não identificados. O crime aconteceu por volta das 18h, na rua Ceará, bairro Santa Luzia, Zona Sul da capital. Após ser atingido, a vítima ficou imóvel no chão fingindo estar morto. Ainda não há informações sobre qual foi a motivação da tentativa de homicídio.

    A princípio, a vítima teria sido levada ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da Zona Sul, localizado na Colônia Oliveira Machado, Zona Sul, após ser atingida no abdômen e no braço.

    A equipe do Em Tempo foi até a unidade hospitalar e conversou com funcionários. A vítima não quis dizer à equipe médica qual foi o motivo de ter sido baleada. Segundo eles, o homem entrou e saiu andando com dificuldade.

    Em frente ao SPA, uma testemunha do crime contou que viu o momento em que os dois suspeitos estavam fugindo do local após dispararem diversas vezes contra a vítima.

    "Eles estavam subindo o escadão com armas nas mãos. Eu me escondi embaixo de uma mesa até eles irem embora. Depois olhei para o rapaz que tinha sido baleado. Tinha certeza que ele estava morto, já que havia muito sangue no chão. Só que de repente, ele levantou e tentou pedir socorro. Acho que ele se fingiu de morto para os bandidos não continuarem atirando", explicou.

    Um policial militar da 2ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) contou que o homem foi transferido ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, na Zona Leste da cidade. Funcionários do HPS não sabem dizer o estado de saúde do jovem. Os suspeitos continuam sem identificação e ainda não foram presos até às 21h desta segunda-feira.