Fonte: OpenWeather

    Prisão


    Vídeo: com lábia e astúcia, mulher enganava desempregados em Manaus

    A suspeita realizava os crimes desde o ano passado, tanto em Manaus como no estado do Pará

    Keila do Socorro Pinto, de 38 anos
    Keila do Socorro Pinto, de 38 anos | Foto: Divulgação

    Manaus – Um mandado de prisão preventiva no nome de Keila do Socorro Pinto, de 38 anos, foi cumprido na manhã desta segunda-feira (30) por estelionato. A prisão aconteceu por volta das 10h, na rua Nove, bairro Alvorada, na Zona Centro-Oeste da capital. A mulher é autora de um esquema de estelionato, aonde vendia vagas falsas de empregos em órgãos públicos e outros crimes.

    A captura da suspeita foi realizada pelos policiais civis da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), sob o comando do delegado Aldeney Goes, titular da especializada.

    Keila estava sendo investigada desde o início de dezembro deste ano. A mulher foi denunciada em Boletins de Ocorrência (BOs), que catalogaram além das vendas de emprego, ela utilizava ilegalmente o nome da empresa onde trabalhava, uma rede de lojas de eletrodomésticos, para realizar diversas compras indevidas em outros estabelecimentos comerciais, causando prejuízo para loja de, aproximadamente, R$ 9 mil, e nunca efetuou o pagamento.

    “A infratora já tinha mandado de prisão em aberto por ter cometido o mesmo crime no estado do Pará. Naquela ocasião, ela vendia supostas vagas de empregos em órgãos públicos, que sequer existiam. Após chegar a Manaus, ela voltou a praticar o mesmo crime. Depois que tomamos conhecimento dos esquemas, iniciamos as diligências em torno do caso, e hoje conseguimos lograr êxito na prisão dela”, explicou Goes.

    Keila foi indiciada por estelionato e depois ser liberada da DERFD, ela será levada para audiência de custódia onde será sentenciada.

    Confira a reportagem da TV Em Tempo:

    Assista à reportagem | Autor: Luiz Rodrigues/ Em Tempo