Flagrante


Preso grupo criminoso que matou homem durante festa de Réveillon no AM

No total, quatro homens foram presos e dois adolescentes, ambos de 17 anos, apreendidos suspeitos de cometerem o crime

Suspeitos foram foram encaminhados a Unidade Prisional de Tefé
Suspeitos foram foram encaminhados a Unidade Prisional de Tefé | Foto: Divulgação

Manaus - Integrantes de um grupo criminoso que atua em Tefé, a 523 quilômetros de Manaus, foram capturados horas depois de assassinarem Jackson Rodrigues Cardoso, de 45 anos, durante uma festa de Réveillon no município. No total, quatro homens foram presos e dois adolescentes, ambos de 17 anos, apreendidos suspeitos de cometerem o crime. O flagrante aconteceu ao longo da noite de quarta-feira (1º) e da manhã desta quinta-feira (2). 

Os suspeitos maiores de idade foram identificados como Frank da Silva Oliveira, 18; Jarson da Silva Oliveira, 23, conhecido como “Jacuti”; Reinaldo dos Santos Melo, 19, conhecido como “Tabaco”, e Vanderlan da Silva Terço, 21, conhecido como “Mico”.

De acordo com o delegado João Batista Moraes, titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP), que coordenou a ação policial, o crime ocorreu durante um evento em comemoração a virada do ano, que acontecia nas imediações do bairro Colônia Ventura, em Tefé.

Ainda conforme a polícia, os suspeitos são integrantes de um grupo criminoso controlado por “Jacuti”. Eles iniciaram uma briga generalizada com os familiares da vítima, que foi atingida por pauladas na cabeça e acabou morrendo.

“Após tomarmos conhecimento do fato, iniciamos os procedimentos de diligências a fim de encontrar os infratores. Como as circunstâncias do crime são semelhantes a delitos cometidos pelo mesmo grupo criminoso em outras ocasiões, realizamos averiguações para localizar 'Jacuti'. Quando o encontramos, ele confessou a participação no crime e indicou, ainda, o paradeiro dos comparsas dele”, explicou o delegado.

Conforme o delegado, durante os depoimentos realizados no DIP para esclarecer o crime, Reinaldo assumiu ter efetuado o golpe fatal contra Jackson.

Procedimentos

Jackson, Jarson, Reinaldo e Vanderlan foram autuados em flagrante por homicídio qualificado, associação criminosa e corrupção de menores. Já os dois adolescentes vão responder pelos atos infracionais análogos aos crimes de homicídio qualificado e associação criminosa. Após os trâmites cabíveis, Frank, “Jacuti”, “Tabaco” e “Mico”, além dos dois adolescentes, foram encaminhados a Unidade Prisional de Tefé.

*Com informações da assessoria