Fonte: OpenWeather

    Tentativa de Rebelião


    Após Réveillon, presos tentam nova rebelião no AM para matar rivais

    Ação ocorreu na madrugada desta sexta-feira (3)

    Estoque de armas brancas foi apreendido após revista nas celas da delegacia | Foto: Divulgação

    Estoque de armas brancas foi apreendido após revista nas celas da delegacia
    Estoque de armas brancas foi apreendido após revista nas celas da delegacia | Foto: Divulgação

    Eirunepé – 31 detentos da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Eirunepé (município distante 1.160 quilômetros e linha reta de Manaus), foram impedidos pela de polícia de realizar uma rebelião na madrugada desta sexta-feira (3), por volta das 5h e matar detentos de facções rivais. Os presos conseguiram serrar as grades de uma das sete celas do local, mas, ao chegarem no corredor de acesso à saída, foram impedidos pelos policiais e guardas municipais que estavam de prontidão no local.

    Segundo a Polícia Civil do Amazonas, a equipe da delegacia identificou a possibilidade de fuga e reforçou o monitoramento no local. A polícia informou que a intenção dos detentos era chegar as outras celas do lugar e matar presos rivais, além de guardas municipais que fazem a segurança da delegacia.

    Após a ação, foi realizada revista nas celas da carceragem do prédio, onde foram encontrados estoques de armas brancas - que foram utilizadas pelos detentos para serrar uma grade.

    Gonzaga Rezende, gestor da DIP de Eirunepé, destacou que dentre os presos muitos respondem por homicídio, latrocínio e tráfico de drogas.  Foi solicitado à Justiça, a transferência dos líderes da tentativa de rebelião e de outros detentos envolvidos no fato para Unidades Prisionais da capital.

    *Com informações da assessoria