Fonte: OpenWeather

    Zoofilia


    Homem que estuprou cadela em Manaus é solto

    Na delegacia, o homem assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado

    Lucivaldo foi flagrado mantendo relações sexuais com a cadela e apanhou de populares
    Lucivaldo foi flagrado mantendo relações sexuais com a cadela e apanhou de populares | Foto: Divulgação

    Manaus - Lucivaldo Almeida, de 39 anos, foi solto pela polícia após ser flagrado estuprando uma cadela na manhã de quinta-feira (2), em um sítio na rua Clorita, do conjunto Augusto Montenegro, bairro Lírio do Vale, Zona Oeste de Manaus. A soltura do homem foi realizada ainda na tarde do crime, horas após ele dar entrada na unidade policial. Apenas nesta sexta-feira (3) é que a decisão foi divulgada. 

    De acordo com o delegado Guilherme Torres, titular do 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), unidade policial para onde Lucivaldo foi encaminhado após ser agredido por moradores do local, o homem assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelo crime de maus-tratos a animais e depois foi solto.

    "Maus-tratos é considerado um crime de menor potencial ofensivo e, por isso, foi feito um TCO, onde o acusado se compromete a se apresentar no juizado especial. Nesse caso não se impõe prisão. Logo ao final dos procedimentos, Lucivaldo foi liberado", explicou Torres.

    Relembre o caso

    Segundo a polícia, o caseiro do sítio e pastor de uma igreja ouviu a cadela latir muito. Os latidos, segundo ele, teriam iniciado desde a madrugada da quinta-feira (2), por volta das 3h. Ele informou que, mesmo preocupado, não saiu para ver o que estava acontecendo. Quando amanheceu, por volta das 6h, ele foi ver o porquê de a cadela não parar de latir e se deparou com Lucivaldo mantendo relações sexuais com o animal.

    Após flagrarem Lucivaldo cometendo o ato ilícito, os moradores da área se revoltaram e amarraram os pés e as mãos do suspeito. Ele foi agredido fisicamente e só não foi morto porque a polícia chegou e evitou o linchamento. Uma viatura da 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foi acionada para atender a ocorrência e deteve o suspeito.