Homicídio


Jovem é perseguido e morto a tiros no Mutirão

A vítima estava com um grupo consumindo entorpecentes e depois foi atingido com cerca de seis tiros

Manaus - Derick Ferreira da Silva, de 21 anos, foi morto na noite desta sexta-feira (3). O fato aconteceu por volta as 21h, na rua 13, próximo a feira do Braguinha, bairro Mutirão, Zona Norte da capital. O jovem estaria consumindo entorpecentes com um grupo de amigos, quando ocorreu uma discussão entre eles. Minutos depois, a vítima caiu em uma armadilha feita pelos homens, que ainda não foram identificados.

Os policiais militares da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram até o local após receberem  denúncias de tiros no local. Ao chegarem lá, os PMs constataram que se tratava de um homicídio.

Os policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) foram chamados para apurar informações com familiares e testemunhas. "Nós queremos colher mais informações que possam ajudar a identificar e localizar os suspeitos para solucionar mais esse crime", disse um dos investigadores.

A mãe e o irmão de Derek chegaram na localidade muito exaltados e tentaram impedir o trabalho dos repórteres. Inclusive, o irmão dele utilizava uma tornozeleira eletrônica. O pai dele desmaiou ao ver o filho morto. 

Os profissionais do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) realizaram a perícia do crime e depois liberaram o corpo para os funcionários do Instituto Médico Legal (IML) fazerem a remoção.