Fonte: OpenWeather

    Violência


    Detento do semiaberto é morto com sete tiros no bairro Nova Esperança

    Idalvan seria integrante da Família do Norte e pode ter sido mais uma vítima da guerra do tráfico

    O corpo foi levado ao IML
    O corpo foi levado ao IML | Foto: Arquivo EM TEMPO


    Manaus - O detento do regime semiaberto Idalvan Martins da Silva, de 33 anos, foi executado com sete tiros na noite desta sexta-feira (3), por volta das 20h. O crime aconteceu na rua E14, no bairro Nova Esperança, Zona Oeste de Manaus. Idalvan seria integrante da Família do Norte e pode ter sido mais uma vítima da guerra do tráfico.

    Segundo informações de testemunhas, Idalvan estaria caminhando em via pública quando ocupantes de um carro, ainda não identificado, desceram do automóvel e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra a vítima. Idalvan ainda tentou correr, mas acabou caindo e morrendo no local.

    Segundo a polícia, Idalvan já tinha passagem criminal e estava sendo monitorado por uma tornozeleira eletrônica. A vítima morava naquele mesmo bairro.

    A equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) esteve no local colhendo informações que ajudarão a elucidar o caso. Após os procedimentos, agentes do Instituto Médico Legal (IML) realizaram a remoção do corpo. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios.