Fonte: OpenWeather

    Homicídios


    Bar do acerto de contas tem 2º assassinato em menos de três meses

    Novamente o estabelecimento na Zona Norte de Manaus foi palco de um assassinato. Desta vez a vítima foi um chef de cozinha e o crime ocorreu na madrugada deste domingo (5)

    O bar está localizado no conjunto Mutirão | Foto: Jakeline Xavier/Em Tempo

    Manaus - Um chef de cozinha, identificado do Williams Rogério Simões da Silva, 39, foi assassinado com três tiros no peito, na madrugada deste domingo (5), em frente a um bar, localizado na rua Grande Circular 2, conjunto Amazonino Mendes, também conhecido como "Mutirão", bairro Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus. Neste mesmo local, um jovem foi morto com 17 facadas no dia 25 de outubro de 2019.

    De acordo com o tenente Luciano Marques, da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Williams estava no bar, com um amigo, quando foi baleado por dois homens ainda não identificados.

    Conforme testemunhas informaram à polícia, os autores do crime estavam em um carro modelo Ford Fusion, de cor preta e placas ainda não identificadas.

    A vítima chegou a ser encaminhada para o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, na Zona Leste, mas não resistiu.

    Ainda segundo a Polícia Militar, a vítima respondia a processo por envolvimento com o tráfico de drogas. “Também colhemos informações no local que levam a crer que era um acerto de contas”, disse o tenente Luciano Marques.

    17 facadas

    Neste mesmo bar, Adriano Pereira de Souza, de 19 anos, foi assassinado com 17 facadas na manhã do dia 25 de outubro do ano passado.

    O crime ocorreu por volta das 8h30, quando Adriano estava no bar e se desentendeu com alguns homens.

    Adriano ainda tentou fugir, mas foi alcançado e morto. A faca usada no assassinato foi abandonada no local.

    Um morador do local disse que é bem complicado viver com a criminalidade na região, mas que infelizmente os moradores não podem comentar os casos, pois têm medo de represálias.