Fonte: OpenWeather

    Assassinato


    Mulher é assassinada e corpo é 'desovado' em mata no Tarumã

    Esse é o segundo caso de homicídio contra mulher, em menos de 12 horas, em Manaus

    A mulher aparenta ter aproximadamente 40 a 50 anos
    A mulher aparenta ter aproximadamente 40 a 50 anos | Foto: Kennedson Paz

    Manaus – Em menos de 12 horas mais uma mulher foi encontrada morta em Manaus. Dessa vez, o corpo estava em uma área de mata, localizada na rua Caravelas, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus. 

    O corpo foi encontrado por volta das 7h30 desta terça-feira (7). Conforme informações da 20ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a mulher aparenta ter entre 40 a 50 anos. Pelas caraterísticas, a polícia acredita que a vítima tenha sido assassinada em outro lugar e os criminosos tenham apenas “desovado” o corpo na região do Tarumã. 

    Após os trabalhos da equipe do Departamento de Polícia Técnico Científica (DPCT-AM), o corpo será removido para a sede Instituto Médico Legal (IML), localizada na Cidade Nova, Zona Norte da cidade.

    Patrulhamento 

    Devido ao grande número de crimes naquela região, policiais da 20ª Cicom informaram que realizam patrulhamento diariamente no local para reduzir os crimes de homicídio.

    “Nós fazemos o patrulhamento diariamente na área, mas como todos sabem, o Tarumã é uma região grande. O local onde encontramos esse corpo é uma área de mata isolada em uma rua de difícil acesso. No entanto, entramos nessas regiões para fazer os patrulhamentos”, explicou o sargento Costa Maia da 20ª Cicom.

    Investigação

    A delegada Marilia Campêlo, plantonista da DEHS, também esteve no local e disse que as informações ainda são preliminares para saber quem são os autores do assassinato.

    “As informações preliminares. O que temos, até o momento, é que essa mulher não era moradora da região, segundo moradores do bairro. Fizemos um levantamento preliminar de câmeras e de algo que possa ajudar nas investigações. Foi identificado três lesões na cabeça e um certo inchaço abdominal, que pode ser uma possível gravidez ou causas naturais do cadáver, mas somente após exames no IML iremos saber”, relatou a delegada.

    O crime aconteceu no bairro Tarumã na Zona Oeste
    O crime aconteceu no bairro Tarumã na Zona Oeste | Foto: Kennedson Paz

    Outro crime 

    Na noite de segunda-feira (6), moradores de uma quitinete encontraram o corpo de uma mulher dentro de uma caixa d'água que abastecia a vila. O caso aconteceu na rua Cacau Pirêra, bairro São José 1, na Zona Leste de Manaus. 

    Conforme a polícia, a mulher ainda não foi identificada. Ela seria acompanhante de um dos moradores da vila, que não foi localizado e é apontado como o principal suspeito do crime. 

    Testemunhas relataram à polícia que a vítima e o suspeito costumavam consumir entorpecentes no local.

    A vítima estaria morta há pelo menos dois dias. O corpo foi escondido dentro da caixa d'água, no primeiro andar, que era usada para abastecer as quitinetes do prédio. 

    Os crimes estão sendo investigados pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Veja o momento da remoção do corpo: