Fonte: OpenWeather

    Prisão


    Vídeo: preso homem que matou e enterrou esposa no quintal de casa

    Anderson confessou que matou a esposa com um "mata-leão" e enterrou o corpo no quintal de casa

    O corpo da mulher estava enterrado no quintal da casa que morava
    O corpo da mulher estava enterrado no quintal da casa que morava | Foto: Suyanne Lima

    Manaus – Suspeito de matar e enterrar o corpo da própria esposa no quintal de casa, Anderson Guimarães de Souza, de 33 anos, se entregou à polícia após 21 dias foragido da justiça. O homem se apresentou na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) na tarde desta terça-feira (7) e confessou ter matado mulher com um golpe conhecido como “mata-leão”

    Ele enterrou o corpo da vendedora ambulante Maria Yolanda Humberto Avelino, de 44 anos, no quintal da casa que moravam, localizada na rua Yarapé, no bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte de Manaus.

    Conforme informações da polícia, Anderson ainda chegou a registrar um Boletim de Ocorrência (BO) informando o desaparecimento da vítima. Uma semana após o fato, no dia 17 de dezembro do ano passado, os próprios familiares encontraram o corpo da mulher. O suspeito ainda cavou vários buracos para dificultar o trabalho da polícia.

    Após as investigações, a polícia solicitou mandado de prisão em nome Anderson e, no dia 19 de dezembro, o pedido foi autorizado pela juíza Careen Aguiar Fernandes, da Central de Plantão Criminal.

    Conforme informações do delegado titular da DEHS, Paulo Martins, o autor do crime escondeu o corpo da vítima dentro da casa por 24h, antes de enterrá-la no quintal.

    “O Anderson informou que havia discutido durante a semana e na quarta-feira (11), após a vítima chegar do trabalho, ele esperou as crianças dormirem para executar a esposa. Segundo ele, Maria estava lavando louças, quando foi surpreendida por um golpe, conhecido como ‘mata-leão’. Ele continuou segurando o pescoço da vítima até confirmar que estava morta.

    No dia seguinte, pegou as crianças e foi ao trabalho normalmente. A vítima foi escondida por mais de 24h em um ponto comercial em baixo da casa que estava desativado. Na madrugada de sexta-feira (13) enterrou o corpo na tentativa de ocultar o cadáver”, explicou a autoridade.

    Anderson foi indiciado por feminicídio e ao término dos procedimentos legais na DEHS, ele foi levado para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch Reis, São Francisco, Zona Sul.

    Confira a reportagem da TV Em Tempo:

    Assista à reportagem | Autor: Barbara Mitoso/ Em Tempo