Fonte: OpenWeather

    Porto de Manaus


    PC prende colombiano com cocaína em embarcação

    De acordo com informações do diretor-adjunto do DRCO, o valor estimado de cada quilo do entorpecente pode chegar entre R$ 10 mil e R$ 15 mil

    A prisão ocorreu no Porto de Manaus, bairro Centro, zona sul da capital, em uma embarcação vinda de Tabatinga
    A prisão ocorreu no Porto de Manaus, bairro Centro, zona sul da capital, em uma embarcação vinda de Tabatinga | Foto: Divulgação

    Amazonas - Policiais Civis do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) prenderam, em flagrante,  o colombiano Pablo Augusto dos Reis Aldana, 28, por tráfico de drogas.

    A prisão ocorreu no Porto de Manaus, bairro Centro, zona sul da capital, em uma embarcação vinda de Tabatinga (a 1.108 quilômetros de Manaus).

    Com o colombiano, foram encontrados cerca de 40 quilos de cocaína. De acordo com o diretor-adjunto do DRCO, delegado Danniel Antony, ao chegarem ao local, os policiais abordaram o colombiano que, na ocasião, estava retirando as betoneiras da embarcação.

    “Tínhamos um informe de que haveria uma embarcação e que vinham duas betoneiras contendo uma carga de substância entorpecente. Fomos fazer a averiguação da informação e constatamos que o nacional apresentado havia recebido e estava retirando as duas betoneiras. Quando fizemos a inspeção, nós descobrimos que acondicionado no fundo dela encoberto por uma lâmina, uma chapa de metal, haveriam os tabletes de substâncias entorpecentes”, disse.

    Ainda de acordo com informações do diretor-adjunto do DRCO, o valor estimado de cada quilo do entorpecente pode chegar entre R$ 10 mil e R$ 15 mil.

    Procedimentos

    Augusto foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Ao término dos trâmites no DRCO, ele será levado para audiência de custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul da cidade.

    Disque-denúncia- Para denúncias, a população pode acionar o 181, da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas. As informações são sigilosas e o serviço funciona 24 horas por dia em todo o Estado.