Violência contra mulher


Homem não aceita fim do namoro e mata ex de 14 anos no Amazonas

Mayane Brasil era alegre e tinha o sonho de se casar. Ela foi morta pelo ex-namorado que disse que ela não ficaria com mais ninguém

Mayane era uma jovem alegre e que sonhava se casar um dia | Foto: Divulgação

Manaus - Por não aceitar o fim do relacionamento, um homem - que não teve o nome divulgado pela polícia por conta da Lei de abuso de autoridade, matou a ex-namorada Mayane Brasil Batista, de apenas 14 anos. Ela foi atingida por duas facadas fatais no pescoço. Conforme informações da polícia, o fato ocorreu nesta tarte de terça-feira (14), na rua 5, no bairro Moradora do Sol, do município de Manacapuru, distante 99 quilômetros da capital amazonense.

Conforme as redes sociais de Mayane, o namoro teve início em agosto do ano passado, mas ela decidiu terminar o relacionamento há alguns dias. Os motivos do término ainda não foram esclarecidos. A polícia vai investigar se ela já havia sido agredida pelo namorado anteriormente.

Chateado com a decisão de Mayane, o jovem de 22 anos foi até a casa dela e decidiu matá-la, supostamente para que "ela não namorasse com mais ninguém".  Após o fato, moradores ouviram os gritos de socorro e acionaram a polícia. Uma equipe da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Manacapuru foi deslocada até o local, mas a jovem já estava sem vida.

Nas redes sociais, amigos relatam que Mayane era uma jovem alegre e que sonhava em se casar um dia. A cidade ficou comovida com o feminicídio. O principal suspeito de cometer o crime conseguiu fugir após esfaquear a jovem. As buscas estão sendo feitas em todo o perímetro do município.

Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) também foi acionada para realizar a perícia no corpo. Em seguida, a vítima foi encaminhada para o necrotério do Cemitério São Francisco Xavier,  situado no Centro do município.