Fonte: OpenWeather

    Mandado de prisão


    Industriário é preso por agredir homem até a morte no Cidade de Deus

    Marcos foi preso na empresa onde trabalhava no bairro Distrito Industrial

    A ordem judicial em nome dele foi expedida no dia 7 de janeiro deste ano | Foto: Divulgação

    Manaus- O industriário Zaquel Santana Pinheiro, de 30 anos, foi preso na manhã de quarta-feira (15), por volta das 11h30, em cumprimento a mandado de prisão por homicídio que teve como vítima o também industriário Marcos Antônio Freitas de Araújo, que tinha 45 anos. A vítima foi agredida fisicamente pelo autor até a morte no bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus.

    O resultado da ação policial foi divulgado em coletiva de imprensa, realizada na manhã de quinta-feira (16), às 10h, no prédio da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus.

    Conforme o delegado Paulo Martins, titular da DEHS, o crime aconteceu na madrugada o dia 2 de dezembro de 2019, quando Marcos e Zaqueu estavam conversando em via pública na rua Padre Onias Bento, e iniciaram uma discussão em que Marcos xingou Zaqueu e rasgou a camisa dele. 

     Titular da DEHS, delegado Paulo Martins
    Titular da DEHS, delegado Paulo Martins | Foto: Suyanne Lima

    "Depois disso Marcos correu para o quintal de uma casa naquela área para tentar fugir, mas foi alcançado por Zaqueu e agredido fisicamente com diversos chutes, inclusive na região da cabeça.  Um flanelinha presenciou toda a briga entre os dois e disse que a vítima ainda ficou agonizando no local antes de morrer. O suspeito fugiu em seguida. Marcos e Zaqueu tinham se conhecido naquele mesmo dia e beberam algumas latas de cerveja antes do crime", explicou Martins. 

    Marcos foi preso na quarta-feira (15), na empresa onde trabalhava no bairro Distrito Industrial, Zona Sul de Manaus. A ordem judicial em nome dele foi expedida no dia 7 de janeiro deste ano na Central de Plantão Criminal.

    Após os procedimentos na delegacia, ele será levado para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus.