Ataque


Membros da FDN matam e gravam vídeo debochando de rival do CV: veja

No vídeo, os rivais ameaçam que quem pertence ao Comando Vermelho vai morrer

Criminosos matam e ironizam o ato | Autor: Divulgação

Manaus – Integrantes da facção criminosa Família do Norte (FDN) filmaram e divulgaram em redes sociais, nesta segunda-feira (20), um vídeo registrado momentos após executarem o empresário Jeferson Michel Vieira de Figueiredo, de 29 anos. Ele foi morto embaixo de uma casa, onde tentou se esconder, no beco Canumã, bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus, com 11 tiros.

No vídeo, os assassinos debocham do rival e exaltam que todos os membros do Comando Vermelho (CV) estão com os dias contados para morrer.

Nas imagens é possível ouvir vozes de várias pessoas, que incentivam a pessoa que filma a mexer no corpo de Jefferson, que está embaixo da casa abandonada. Um comparsa pede para que ele verifique se o homem estava armado.

“Vê o ferro dele aí. Vira o corpo dele e vê se o ferro está no chão (sic)”, disse o homem.

Nas imagens, um dos criminosos pega a carteira de Jefferson e, logo em seguida, o vídeo é finalizado. Segundo informações recebidas pela polícia, Jefferson seria um dos líderes do CV. Ele já tinha passagem pela polícia pelo crime de roubo.

No mês de dezembro do ano passado, Jeffinho TJ, como era conhecido, deu uma festa de aniversário no bairro Crespo, Zona Sul de Manaus, com direito a duas bandas de forró. 

Crime

Jefferson foi visto por moradores escapando de um carro. Ele correu pelo beco e, ao tentar se esconder embaixo da casa, foi executado pelos suspeitos que fugiram sem serem identificados. Conforme a perícia, os tiros atingiram a cabeça, perna e tórax da vítima. Testemunhas relataram que Jefferson não residia naquela área e seria morador do bairro Crespo. Ele não era visto pelos familiares desde a manhã de hoje.

Logo após o crime, houve uma queima de fogos nas proximidades do local do crime - que é dominado pela FDN. "Eles comemoram muito quando um rival da outra facção é assassinado", contou um morador que não quis ser identificado.

Veja o vídeo feito pelos criminosos: 

Guerra entre facções: Comando Vermelho e Família do Norte

A Zona Sul de Manaus está vivendo uma guerra entre facções nos últimos meses. Na última sexta-feira (17), cinco integrantes do CV foram mortos após confronto com policiais militares das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), no bairro Colônia Oliveira Machado, Zona Sul de Manaus.

Segundo a polícia, o tiroteio aconteceu instantes antes de o grupo atacar uma boca de fumo no Beco da Bomba, que pertence a traficantes da FDN.

Já na noite do último sábado (18), quatro homens, sendo três detentos do regime semiaberto que usavam tornozeleira eletrônica, foram presos durante a operação “Pronta Resposta Sul”, deflagrada pelo Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) da Polícia Civil do Amazonas. Com os quatro suspeitos foi apreendida uma pistola 380 milímetros, com cinco munições não deflagradas.

De acordo com o delegado George Gomes, diretor do DPM, o grupo criminoso pertencia à FDN e iria atacar membros do CV. Além da arma de fogo e munições, também foi apreendido um celular, no qual havia mensagens sobre homicídios e ataques. 

“Estamos montando várias operações de inteligência e de tática operacional. Trabalhamos de forma integrada e unimos as inteligências de vários grupamentos para conseguir efetuar as prisões dos bondes. É dessa forma que estamos conseguindo realizar a repressão desses crimes”, enfatizou o delegado ao Em Tempo.

O ataque de hoje, que teve como resultado a morte de Jeferson, pode ter sido uma retaliação de integrantes da FDN. A guerra entre as facções está contribuindo diretamente no aumento do índice de homicídios.

Em 18 dias, o número de mortes violentas ultrapassou o registrado no mês de janeiro de 2019, que foi de 73 mortes.