Operações


SSP-AM deflagra três operações para combater criminalidade em Manaus

Ao total, 300 policiais civis e militares estiveram em pontos distintos de Manaus

Uma das primeiras ações foi o desdobramento da operação "Domínio da Lei"
Uma das primeiras ações foi o desdobramento da operação "Domínio da Lei" | Foto: Suyanne Lima

Manaus - A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) deflagrou nesta quarta-feira (29), três operações em Manaus. 300 policiais civis e militares estiveram em pontos distintos da capital. Uma das primeiras ações foi o desdobramento da operação "Domínio da Lei", deflagrada ao longo da manhã na invasão Itaporanga, Zona Norte de Manaus. 

Segundo o SSP-AM, coronel Louismar Bonates, o objetivo da incursão foi cumprir mandados de busca e apreensão e reprimir a atuação de pessoas envolvidas com o tráfico de drogas. 

"Nosso principal intuito era identificar as lideranças do tráfico que atuam nessas invasões.  Com a operação nós conseguimos fazer essa identificação e a Polícia Civil prosseguirá com os trabalhos representando à Justiça as prisões preventivas", disse o secretário. 

Operação Off-Line

Seguindo determinação da SSP-AM, foi deflagrada nesta quarta-feira (29), a quarta fase da operação Off-Line no bairro São José Operário, Zona Leste de Manaus.

A SSP anunciou uma força-tarefa para a resolução de homicídios ocorridos na capital
A SSP anunciou uma força-tarefa para a resolução de homicídios ocorridos na capital | Foto: Suyanne Lima

 Durante a ação, foram apreendidos 200 celulares com restrição de furto e roubo. Dez pessoas foram conduzidas para o 9° Distrito Integrado de Polícia (DIP), para prestar esclarecimentos.

Uma terceira ação também está sendo deflagrada na cidade, mas detalhes não foram revelados para não atrapalhar as diligências.

A SSP-AM anunciou, ainda, uma força-tarefa para a resolução de homicídios ocorridos na capital, para elucidar casos de homicídios registrado no mês de janeiro deste ano. 

"As equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) estarão em campo intensificando as ações e muito em divulgaremos os resultados", concluiu Bonates.