Fonte: OpenWeather

    Morte


    Vídeo: homem foi assassinado por 'amigo' em Manaus, aponta família

    O "amigo" da vítima, apontado pela família como o principal suspeito, foi visto saído da casa com os pertences de Orlandi


    Manaus -  Orlandi Navegante, de 63 anos, foi encontrado morto dentro da própria casa, localizada no beco São Miguel, bairro Morro da Liberdade, Zona Sul de Manaus. A vítima estava com as mãos e pés amarrados.

    Segundo relatos da tia da vítima, na noite de quinta-feira (6), ela mandou diversas mensagens e ligou para Orlandi, contudo, não obteve respostas. Com isso, decidiu ir junto com a filha à residência e encontraram o local praticamente vazio, diversos pertences pessoais dele haviam sido roubados.

    Durante a busca pela casa, mãe e filha encontraram um dos cômodos trancados com cadeados e desconfiadas da situação resolveram abrir a porta.

     Orlandi estava de bruços no chão, com as mãos amarradas com correntes e as pernas com fios elétricos. Além disso, a família informou que a região da cabeça estava roxa, caracterizando que, possivelmente, ele tenha sido morto por estrangulamento.

    Moradores viram o suspeito saindo do local com pertences da vítima
    Moradores viram o suspeito saindo do local com pertences da vítima | Foto: Kennedson Paz

     Uma equipe da 2ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foi acionada isolaram a área para o Departamento de Polícia Criminalista (DPTC) realizar os trabalhos.

    Ainda conforme a família, o principal suspeito de ter cometido o crime é um ‘amigo’ de Orlandi. Até o fechamento desta matéria, o nome do suspeito não tinha sido informado. A polícia trabalha com a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte).

     Moradores da região confirmaram a suspeita da família. Segundo as testemunhas, o suspeito esteve no local juntamente com outros dois homens. Eles estavam em uma Pick Up relataram que foram fazer a “mudança” de Orlandi.

    O crime será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Violência 

    O mês de janeiro foi sangrento, a capital amazonense registrou 117 mortes violentas. Os números ultrapassaram comparativos com o mesmo período do ano passado, que teve 73 mortes e em setembro que foi o mês que mais tiveram casos, registraram 93 mortes.

    Na região sul de Manaus, 32 mortes violentas foram registradas pelo Instituto Médico Legal (IML).