Fonte: OpenWeather

    Violência


    Durante ação da Rocam na Compensa, homem é baleado e morre no hospital

    O bairro tem registrado uma série de ataques a tiros. Ontem, três pessoas foram baleadas, entre elas uma adolescente

    A própria Rocam socorreu o homem
    A própria Rocam socorreu o homem | Foto: Daniel Landazuri


    Manaus -  Após ser baleado, em um confronto com policiais das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), no bairro da Compensa, zona Oeste de Manaus, Vinicius Coelho dos Santos, de 22 anos, morreu, na noite desta quarta-feira (12), no Hospital e Pronto-socorro (HPS) 28 de Agosto, na zona Centro-Sul de Manaus.

    Conforme o tenente Mascarenhas, a vítima estava em uma casa, localizada em um beco do bairro, reunida com outros integrantes de uma facção criminosa. A equipe policial recebeu a denúncia que no local existiam armas e outros materiais ilícitos. 

    “Quando fomos atender a denúncia, nossos policiais foram recebidos a tiros e nós revidamos. Apenas um dos suspeitos foi baleado no local, já o restante do grupo fugiu. Depois entramos na casa e apreendemos armamentos, colete balístico e um rádio comunicador”, disse o tenente. 

    Ferida, a vítima foi levada na viatura para o HPS 28 de Agosto, onde deu entrada às 20h, situação que revoltou a família do suspeito. Os familiares do homem reclamaram da demora no socorro. Segundo uma parente de Vinícius, que não quis ser identificada, a vítima chegou no hospital duas horas depois de ser baleada.

    “Passaram um tempão com ele e não levaram para nenhum hospital. Todos têm direito de um socorro digno”, desabafou um familiar da vítima, que não se identificou. 

    Todo material apreendido deve ser apresentado no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP).