Fonte: OpenWeather

    Força-tarefa


    Assaltos a ônibus são comuns em Manaus e polícia investiga suspeitos

    A força-tarefa já conseguiu identificar 100 pessoas envolvidas em assaltos

    Segundo a polícia, a maioria dos crimes é praticada por adolescentes
    Segundo a polícia, a maioria dos crimes é praticada por adolescentes | Foto: Divulgação

    Manaus - Um força-tarefa foi criada pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) para identificar e prender infratores que praticam roubos em ônibus do transporte coletivo de Manaus. Cerca de 100 suspeitos do crime já foram identificados durante o trabalho de investigação dos policiais civis.  A força-tarefa é determinação da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM).  

    De acordo com o coordenador da força-tarefa, delegado Tarson Yuri, inicialmente, um levantamento dos números de Boletins de Ocorrência registrados nos Distritos Integrados de Polícia (DIPs) da capital é feito para que se tenha um mapeamento mais detalhado sobre cada registro. 

    “Nós fazemos um mapeamento das zonas em que essas ocorrências são registradas com mais frequência e, a partir daí, a investigação para elucidar o crime fica a cargo do DIP da área”, disse o delegado. 

    A equipe, composta de grupos de delegados, investigadores, delegados seccionais e outros policiais, já conseguiu identificar cerca de 100 pessoas que praticam este tipo de crime na cidade. 

    Segundo o delegado Rodrigo Barreto, titular da 4ª Seccional Oeste, a maioria dos crimes é praticada por adolescentes. “Os roubos envolvem muitos adolescentes, e isso dificulta o nosso trabalho. O nosso objetivo é tirar o máximo de pessoas envolvidas com esses crimes”, disse Barreto.

    Resultados – Na manhã do último dia 31, policiais do 19º DIP, sob a coordenação do delegado Guilherme Torres, cumpriram um mandado de prisão provisória em nome de Felipe Henrique da Silva Costa, 18, pela participação em roubo a um ônibus de transporte coletivo da linha 118. 

    O crime ocorreu no dia 9 de janeiro deste ano, nas proximidades da avenida Brasil, bairro Compensa, na Zona Oeste da capital.

    *Com informações da assessoria