Fonte: OpenWeather

    CV x FDN


    Confronto entre facções deixa três feridos nesta sexta na Compensa

    Ricardo falou para polícia que foi sequestrado e abandonado em uma área de mata

    Os feridos estão internados no HPS 28 de Agosto
    Os feridos estão internados no HPS 28 de Agosto | Foto: Daniel Landazuri


    Manaus - Entre às 14h30 e 18h desta sexta-feira (14), três homens, vítimas de arma de fogo, deram entrada no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto. Todos foram baleados no bairro da Compensa, Zona Oeste de Manaus, que sofre nos últimos dias intensos confrontos entre as facções criminosas Comando Vermelho (CV) e Família do Norte (FDN). 

    O primeiro caso, que foi noticiado pelo portal Em Tempo, aconteceu após uma perseguição em um beco na rua Monte Alegre. Rafael Martins dos Santos, de 35 anos, foi baleado com um tiro no peito.

    Testemunhas relataram à polícia que Rafael estava em uma motocicleta, quando passou a ser perseguido por um homem, ainda não identificado, em outra motocicleta. Em determinado momento, a vítima correu para um beco e o homem desceu e atirou. O suspeito fugiu sem ser identificado.

    A segunda vítima foi Matheus Fernandes de Lima, de 21 anos. Ele foi atingido com três tiros no beco 28 de Agosto, na Compensa 3. A mãe do jovem, que não teve o nome divulgado, relatou ao policial do hospital que ele estava sofrendo ameaças de morte. Não há informações sobre as circunstâncias do crime. 

    Os tiros acertaram o tórax, a coxa direita e a perna esquerda de Matheus. Ele deu entrada no HPS 28 de Agosto, por volta das 17h. Já por volta das 18h, Ricardo da Costa Pereira, de 27 anos, deu entrada na unidade de saúde com um tiro na perna direita. 

    A companheira da vítima, que não quis se identificar, contou que Ricardo saiu de casa para resolver pendências referentes à documentação da motocicleta dele.

    “Ele perdeu o documento e tentou resolver esse problema. Já estava preocupada porque havia passado do horário dele ir para o trabalho e ele não foi. Quando eu descobri, o Ricardo já estava no hospital”, disse a mulher. 

    Ricardo falou para polícia que foi sequestrado na Rua Belo Horizonte, da Compensa, e abandonado em uma área de mata nas proximidades da Ponte do Rio Negro. Todas as vítimas permanecem internadas no HPS 28 de Agosto. Não há atualização sobre os estados de saúde delas. A Polícia Civil deve investigar os casos