Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    Preso suspeito de matar 'Orlandi' no Morro da Liberdade

    Segundo a polícia, o suspeito tinha um relacionamento homoafetivo com a vítima

    O crime deixou a família e amigos revoltados
    O crime deixou a família e amigos revoltados | Foto: Kennedson Paz

    Manaus – Após 12 dias de investigações, a Polícia Civil conseguiu prender, na manhã desta quarta-feira (19), Ederson Moreira Souza, de 26 anos, que estava sendo investigado pela morte de Orlandi Navegantes, de 63 anos, ocorrida no dia 7 deste mês, bairro Morro da Liberdade, Zona Sul de Manaus.

     A vítima foi encontrada com as mãos e pés amarrados dentro da própria casa, localizada no beco São Miguel. Segundo informações da polícia, o suspeito confessou o crime para os familiares dele, além disso ainda levou os pertences da vítima para a residência dos parentes.

    As investigações em torno do caso aconteceram em conjunto entre a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e Delegacia Especializada em Roubou, Furtos e Defraudações (DERFD).

    Conforme o delegado Paulo Martins, titular da DEHS, ao identificarem o suspeito foi emitido um pedido de prisão preventiva em nome de Ederson.

    “No início nós tínhamos dúvidas sobre ter sido homicídio ou latrocínio, devido terem levado diversos pertences da vítima e passamos a investigar. Esse procedimento foi encaminhado para a DERFD. Com o andamento das investigações, recebemos as informações que o autor poderia ser alguém conhecido da vítima. Então conseguimos chegar ao Ederson. Ele tinha um relacionamento homoafetivo com Orlandi ”, explicou.

    Na época do crime, moradores da região confirmaram a suspeita da família e informaram que Ederson esteve no local e, juntamente com outros homens, disse que iria fazer a “mudança” de Orlandi. 

    Após os procedimentos feitos na delegacia, o suspeito deverá ser conduzido para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch Reis, situado no bairro São Francisco, Zona Sul da cidade.