Fonte: OpenWeather

    Prisão


    Criminoso de SP montou Lava Jato no Jorge Teixeira e usava nome falso

    Ederson Lucas tinha documentos e cartões de crédito com nome falso. Ele não levantava suspeita, mas era um criminoso perigoso procurado em São Paulo

    | Foto:

    Manaus - Nesta quarta-feira (19), por volta das 13h, policiais civis do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), sob o comando do delegado Sinval Barroso, diretor do departamento, cumpriram mandado de prisão por roubo majorado e receptação em nome do foragido da Justiça, Ederson Lucas Leandro Lima, 34. O indivíduo é natural do estado de São Paulo e está morando em Manaus há cerca de dois anos.

    Conforme a autoridade policial, Ederson já responde na Justiça por crimes de roubo e também crimes contra a fé pública, todos cometidos em 2008, naquele estado. Segundo Barroso, os mandados de prisão preventiva em nome do indivíduo foram expedidos em março e junho de 2018, pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

    “Durante investigação, constatamos que Ederson estava morando em Manaus e comprou um lava-jato no bairro Jorge Teixeira, na zona leste da cidade, onde ele trabalha com a família. Hoje, durante a abordagem no local, o infrator se identificou como ‘Lucas Vinicius da Silva’, apresentou documentos como identidade e CPF falsos, além de quatro cartões de bancos constando também o nome falso. Ele informou que os documentos foram falsificados por ele mesmo”, explicou Barroso.

    Procedimentos

    O homem foi indiciado por roubo majorado e receptação. Ele também foi autuado em flagrante por uso de documento falso. Ao término dos procedimentos cabíveis no DRCO, ele foi levado para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.

    *Com informações da assessoria