Fonte: OpenWeather

    Execução


    Garçom de 22 anos é executado a tiros em beco no bairro Compensa

    O irmão foi assassinado no mesmo bairro há 13 dias, conforme informou a família

    Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio | Foto: Kennedson Paz/Em Tempo

    Manaus – O garçom Jorge Alberto de Souza, de 22 anos, morreu após ter sido atingido por diversos tiros na rua 12 de dezembro, bairro Compensa, Zona Oeste da cidade, durante a madrugada desta Quarta-Feira de Cinzas (26). O jovem ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. O irmão foi assassinado no mesmo bairro em menos de uma semana.

    A execução aconteceu durante à noite da última terça-feira (26), por volta das 23h. Jorge estava em frente da casa em que morava quando foi surpreendido por criminosos armados, que invadiram o beco da rua 12 de dezembro.

    Após o tiroteio, familiares da vítima correram para ver o que tinha acontecido e avistaram o rapaz caído no chão. Desesperados com a situação, o levaram até o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, localizado na mesma região.

    Devido aos graves ferimentos, foi necessário a transferência do paciente até o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, localizado na Zona Centro-Sul da cidade.

    Conforme informações da unidade hospitalar, a vítima deu entrada na emergência com múltiplas lesões. Os tiros atingiram diversos órgãos, como baço, intestino e fígado. Com isso, o jovem não resistiu aos ferimentos e morreu.

    Durante o início da madrugada de hoje, agentes do Instituto Médico Legal (IML) removeram o corpo do hospital e o conduziriam à sede do instituto para os procedimentos legais.

    A família informou para os policiais que o irmão da vítima também foi assassinado no bairro em menos de uma semana.

    Outro Caso

    Após brigar com um inquilino, um homem foi levado, durante a madrugada desta quarta, para a emergência do HPS Platão Araújo após ter sido atingido com golpes de faca. O local da confusão não foi informado na unidade de saúde.

    O paciente precisou passar por cirurgias, mas não corre risco de morte. Após observação médica, ele deve ser liberado. O suspeito do crime foi detido, conforme informou a polícia.