Fonte: OpenWeather

    Agressão


    Jovem é presa após agredir e ameaçar a mãe de morte em Manaus

    A prisão aconteceu no conjunto Viver Melhor, bairro Lago Azul, zona norte da capital, após a mãe da infratora, uma senhora de 48 anos, registrar Boletim de Ocorrência (BO) por ameaça e agressões cometidas pela própria filha

    Manaus- Na manhã desta sexta-feira (28/02), por volta das 9h, a equipe de investigação da Delegacia Especializada em Crimes Contra à Mulher (DECCM), cumpriu mandado de prisão preventiva em nome de uma jovem de 21 anos, pelo crime de tráfico de drogas, ocorrido em junho de 2016.

    A prisão aconteceu no conjunto Viver Melhor, bairro Lago Azul, zona norte da capital, após a mãe da infratora, uma senhora de 48 anos, registrar Boletim de Ocorrência (BO) por ameaça e agressões cometidas pela própria filha. 

    A delegada Débora Mafra cumpriu o mandado de prisão
    A delegada Débora Mafra cumpriu o mandado de prisão | Foto: Divulgação

    De acordo com a delegada Débora Mafra, a vítima compareceu à delegacia, na terça-feira (25) por volta das 19h20, informando ter sido agredida fisicamente e ameaçada de morte pela filha, dentro de sua casa.

    A vítima relatou que, durante a ocorrência, a jovem desferiu socos em várias partes do corpo da mulher, bem como a mordeu nos braços e a ameaçou de morte, caso fosse à delegacia para denunciá-la. “Na delegacia, a vítima mencionou que a filha é ex-presidiária e que teme pela própria vida, uma vez que a jovem usa de violência física contra ela. A mulher solicitou medidas protetivas em caráter de urgência, com afastamento da infratora de seu lar. Mediante os relatos da mãe, verifiquei nos registros que havia um mandado de prisão em aberto no nome da jovem, por tráfico de drogas. Em ato contínuo passamos a monitorá-la e hoje efetivamos a prisão dela, cumprindo a ordem judicial”, explicou Mafra.

    Conforme a delegada, o mandado de prisão preventiva em nome da infratora foi expedido no dia 4 de setembro de 2019, pelo desembargador José Hamilton Saraiva dos Santos, membro da Primeira Câmara Criminal.

    Procedimentos 

    A vítima passou pelo exame de corpo de delito e foi liberada. Já a infratora irá responder a um inquérito policial por ameaça e agressão no âmbito da violência doméstica.

    Ela também foi indiciada pelo crime de tráfico de drogas e, após os procedimentos legais na unidade policial, será levada para audiência de custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul da capital.

    Leia mais: Vídeo: Nova delegacia de crimes contra a mulher é inaugurada em Manaus

    *Com informações da Assessoria