Fonte: OpenWeather

    Tiroteio


    Vocalista de banda de forró é assassinada durante show em Tabatinga

    Fato ocorreu em um bar, situado no município de Tabatinga, situado à 1.111 km de distância da capital do Amazonas

    No total, seis pessoas foram atingidas pelos disparos | Foto: Divulgação

    Manaus – A vocalista de banda da “Forró Dos Três”, Yara Castelo Branco, de 29 anos, morreu durante a noite da última sexta-feira (13), após tiroteios durante uma apresentação no bar Bico Doce, situado no município de Tabatinga, situado à 1.111 km de distância da capital do Amazonas. No total, seis pessoas foram atingidas pelos disparos.

    Conforme informações preliminares da polícia, no decorrer da festa, uma dupla armada chegou até o estabelecimento em uma motocicleta de modelo e placa não identificados. Em seguida, sacaram suas armas e começaram a atirar contra as clientes e policiais militares que estavam no local durante o fato. Os suspeitos fugiram em direção à rua Marechal Rondon, que dá acesso à cidade de Letícia, na Colômbia

    A situação causou desespero e houve correria de pessoas tentando salvar suas vidas. Contudo, durante o tiroteio, além de Yara, outras cinco pessoas foram atingidas, entre elas três homens e duas mulheres, que não tiveram seus nomes divulgados.

    Devido aos ferimentos, as vítimas foram levadas até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24hs Tabatinga, onde Yara ainda chegou a receber os primeiros socorros na unidade médica, contudo, não resistiu à gravidade das lesões provocadas pelos tiros.

    Fãs e amigos da vocalista, muito comovidos com a situação, deixaram diversos comentários nas redes sociais, lamentando a morte da jovem. Uma amiga da cantora comentou “Só Deus sabe o quanto a avó dela está sofrendo. Eu e ela éramos amigas desde a infância, tenho muitas histórias com ela. Estou em prantos”, publicou a jovem.

    Vocalista de banda da “Forró Dos Três”, Yara Castelo Branco, de 29 anos
    Vocalista de banda da “Forró Dos Três”, Yara Castelo Branco, de 29 anos | Foto: Divulgação

    Investigação

    Até o início da manhã deste sábado (14), os suspeitos ainda não haviam sido identificados e seguem foragidos. A Polícia Civil do município, investiga o caso.