Fonte: OpenWeather

    Assassinato


    Com ajuda de amigo, adolescente estrangula e mata namorada em Manaus

    Os três estavam usando drogas e tiveram um desentendimento. Após matar a jovem, os dois adolescente tentaram enterrar o corpo dela, mas foram flagrados

    Os suspeitos foram levados para a Deaai
    Os suspeitos foram levados para a Deaai | Foto: Kennedson Paz

    Manaus – Após uma briga durante o consumo de drogas, uma adolescente de 17 anos, identificada até o momento como "Vitória", de 17 anos, foi estrangulada e morta a facadas  pelo próprio namorado com a ajuda do amigo dele. O crime aconteceu na manhã desta quarta-feira (18), na rua Ernesto Costa, bairro Colônia Antônio Aleixo, na Zona Leste de Manaus. Os suspeitos também são adolescentes e foram apreendidos logo após o crime.

    Conforme informações da polícia, os três adolescentes passaram a madrugada consumindo drogas e, por volta das 5h, tiveram um desentendimento que resultou no crime. Vitória, segundo a polícia, namora um dos suspeitos. Os teriam se conhecido há pouco tempo em uma festa no bairro São José, na Zona Leste. Desde então, ela frequentava a residência do adolescente para consumirem drogas.

    Segundo o delegado Guilherme Antoniazzi, plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a mãe de um dos suspeitos acionou a polícia.

    “A mãe de um dos adolescentes acordou durante a madrugada com barulhos no corredor da casa. Desconfiada, foi verificar o que estava acontecendo e presenciou o momento que os dois estavam tentando enterrar o corpo e chamou a polícia”, explicou Antoniazzi.

    Cova feita pelos suspeitos para enterrar a vítima
    Cova feita pelos suspeitos para enterrar a vítima | Foto: Kennedson Paz

    Policiais militares da 28ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram ao local e apreenderam os adolescentes. Eles ainda estavam tentando enterrar o corpo da jovem.

    Para os policias, os suspeitos relataram que mataram Vitória porque ela tentou esfaquear um deles. Eles pegaram a faca dela e a esfaquearam três vezes no peito.

     “Primeiramente eles a estrangularam com um fio elétrico e depois a esfaquearam. Eles jogaram óleo de carro no corpo dela e tentaram colocar dentro de uma máquina de lavar, para jogar em um terreno nas proximidades. Como não conseguiram, cavaram uma cova rasa no quintal e tentaram ocultar o corpo da adolescente”, ressaltou o delegado.

    O corpo foi removido pelo IML
    O corpo foi removido pelo IML | Foto: Kennedson Paz

    No interior da cova também foi despejado uma grande quantidade de óleo. O motivo seria para o cadáver não apresentar mau cheiro durante a decomposição e, assim, não chamar atenção dos moradores.

    O delegado comentou ainda que o próximo passo das investigações será identificar a vítima e encontrar os familiares para realizar os procedimentos legais.

    A dupla foi conduzida para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI). O corpo da jovem foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).