Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    Homem com tornozeleira eletrônica é morto a tiros no Viver Melhor

    Testemunhas acreditam que o homem estava recebendo ameaças de morte após sair do presídio

    Várias pessoas se aglomeraram para ver o corpo
    Várias pessoas se aglomeraram para ver o corpo | Foto: Divulgação

    Manaus – Um homem identificado como Rafael Farias de Souza, 23 anos, que estava sendo monitorado por tornozeira eletrônica, foi assassinado na tarde deste domingo (22), na rua Agata Musgo, no conjunto habitacional Viver Melhor, bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus.  

    O crime teria acontecido por volta das 17h. Segundo informações preliminares de policiais militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (26ª Cicom), Rafael teria sido executado por pelo menos dois suspeitos.

    “Fomos informados pelos moradores que Rafael teria sido morto entre os blocos do conjunto. Ainda não se sabe, ao certo, as circunstâncias do crime. No entanto, testemunhas afirmam que ele falava ao telefone quando foi surpreendido por, pelo menos, dois homens, que estavam com armas de calibre longo”, informou o tenente Francisco, da 26ª Cicom.

    Testemunhas acreditam que Rafael poderia estar recebendo ameaças de morte, após sair do presídio e ganhar liberdade condicional. O homem trajava blusa escura e calça jeans. O celular da vítima foi encontrado ao lado do corpo.

    O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda foi acionado, mas Rafael não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 

    O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) e o crime será investigado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Pichações

    Muros próximos à cena do crime estão pichados com a sigla do Comando Vermelho (CV). O ato é uma forma da facção mostrar que dominou o local e colocar medo nos moradores.