Fonte: OpenWeather

    DECCM


    Delegacia da Mulher na Zona Sul já atendeu mais de 1,3 mil vítimas

    Além de garantir o cumprimento da lei, a finalidade da Delegacia da Mulher é amparar as vítimas, encaminhando para o atendimento psicossocial da Rede de Proteção

    Delegada Ivone Azevedo, responsável pela unidade policial
    Delegada Ivone Azevedo, responsável pela unidade policial | Foto: Divulgação

    Inaugurada há cinco meses pelo governador Wilson Lima, a nova Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM), da Polícia Civil, no bairro Colônia Oliveira Machado, Zona Sul, virou referência para o atendimento dos casos de violência doméstica na área. “Foi um grande avanço para as mulheres dessa região de Manaus”, afirma a delegada Ivone Azevedo, responsável pela unidade policial.

    Foram atendidas mais de 1,3 mil vítimas de violência doméstica na DECCM da Zona Sul. Entre os crimes mais denunciados estão lesão corporal, injúria e ameaça. De outubro do ano passado até fevereiro de 2020, foram concluídos 100 inquéritos policiais e registradas 76 prisões em flagrante. Os números refletem o trabalho incansável realizado pelos servidores da delegacia.

    Além de garantir o cumprimento da lei, a finalidade da Delegacia da Mulher é amparar as vítimas, encaminhando para o atendimento psicossocial da Rede de Proteção.

    Medidas protetivas

    Em cinco meses, a DECCM da Colônia Oliveira Machado contabilizou 344 medidas protetivas concedidas a mulheres ameaçadas. “Uma vez que o agressor não se afaste dessa vítima, a delegacia informa ao juiz e acaba pedindo a prisão preventiva do indivíduo”, ressalta a delegada.