Pânico


Assaltante é preso após agredir criança e atirar contra PMs em Manaus

Antes da perseguição, o suspeito havia invadido a casa de uma mulher e efetuado disparos de arma de fogo no local. Uma criança chegou a ser agredida com chutes

Para tentar fugir da polícia o suspeito pulou muros de outras casas e ainda chegou a ser agredido pela população
Para tentar fugir da polícia o suspeito pulou muros de outras casas e ainda chegou a ser agredido pela população | Foto: Divulgação

Manaus - Um suspeito de assalto, ainda não identificado, foi preso na noite desta quarta-feira (25) após agredir uma criança e atirar contra policiais militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). O caso aconteceu nas proximidades do Igarapé do Passarinho, na Zona Norte de Manaus. 

A equipe da 26ª Cicom foi chamada para atender uma ocorrência de tentativa de homicídio. A vítima, uma mulher ainda não identificada, havia sido baleada no bairro Monte Sinai. Ela estava sendo socorrida pelos familiares para o SPA do Galileia. No caminho até a unidade de saúde, os policiais se depararam com o suspeito armado em via pública. 

"Esse homem estava cometendo assaltos perto do SPA. Ouvimos os tiros e a população pedindo ajuda. Quando vimos ele armado, nós iniciamos uma perseguição a pé e ele atirou duas vezes contra nossa equipe e, por pouco, não acertou uma criança. Nenhum policial ficou ferido", explicou o sargento Francisco Junior, da 26ª Cicom. 

O sargento informou, ainda, que a equipe deixou de acompanhar o socorro da mulher baleada para dar uma resposta rápida contra o suspeito que estava colocando a vida de outros cidadãos em risco. 

"Era para irmos até o SPA e coletar os dados sobre a ocorrência da vítima de arma de fogo. Depois vamos concluir esses procedimentos. O que sabemos é que essa mulher já estava ferida e sendo levada para unidade de saúde", contou o policial.

Antes da perseguição, o suspeito havia invadido a casa dessa mulher e efetuado disparos de arma de fogo no local. "Também temos a informação que ele também teria agredido com chutes uma criança que vivia na residência", disse o militar. 

Para tentar fugir da polícia, o suspeito pulou muros de outras casas e ainda chegou a ser agredido pela população. Ferido, o homem precisou ser levado para o SPA Galileia. Um revólver calibre 38, que era usado pelo suspeito, foi apreendido pela polícia.

Após receber o atendimento médico, o suspeito deve ser encaminhado para o 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP).